Ministério Público faz diligência e apreende documentos na Câmara de Itamaraju

Ministério Público faz diligência e apreende documentos na Câmara de Itamaraju
09 maio 20:34 2018 Imprimir esta notícia

Na manhã desta quarta-feira, dia 9 de maio, o promotor Tarcísio Robslei França, com o apoio de policiais da 43ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), realizou uma diligência na Câmara Municipal de Itamaraju. O objetivo da ação não foi informado oficialmente, mas teria sido para buscar documentos relacionados a supostas irregularidades envolvendo o vereador Chico do Hotel, quando o mesmo ocupou a presidência da casa nos anos de 2016 e 2017.

Na imagem ampliada é possível visualizar uma mulher levando alguns documento ao lado do promotor Tarcísio França

Na imagem ampliada é possível visualizar a oficial de Justiça levando alguns documentos ao lado do promotor Tarcísio França

Segundo informações do site Siga a Notícia, o representante do Ministério Público Estadual (MPE), chegou à Câmara por volta das 10h, acompanhado de quatro policiais militares e de um oficial de Justiça. Tarcísio França permaneceu por cerca de três horas no interior do prédio e deixou o local no início da tarde sem falar com a imprensa. Buscas teriam sido realizadas na sala da presidência e em outros departamentos do Legislativo.

Na manhã da segunda-feira (7), dois vereadores e servidores da Câmara já teriam sido intimados para prestarem depoimento ao Ministério Público (MP) acerca de um suposto esquema de desvios de recursos públicos na Câmara Municipal de Itamaraju.

As irregularidades envolveriam funcionários fantasmas, desvios através de empresas prestadoras de serviço e diárias emitidas em favor de vereadores. Recentemente o ex-presidente Chico do Hotel e o atual Chico Jiló foram intimados por um oficial de Justiça em plena sessão ordinária. (Da redação TN)

  Categorias: