Moradores de Governador Valadares ficam até 2h na fila para obter água

18 novembro 19:24 2015 Imprimir esta notícia

A enorme onda de resíduos químicos vinda da barragem da Samarco em Mariana (MG) fez com que a cidade mineira de Governador Valadares interrompesse a distribuição de água para seus 280 mil habitantes.

Para minimizar prejuízos, postos de distribuição de água engarrafada foram espalhados pela cidade. Escoltados pelo Exército, moradores formam filas com mais de mil pessoas, que esperam até duas horas para conseguir sua cota individual – cinco litros por pessoa.

Em nota, a mineradora informou que “já encaminhou aos pontos de distribuição 8,436 milhões de litros de água potável e 500,5 mil litros de água mineral à população do município”.

Mas a prefeita da cidade, Elisa Costa, afirma que o volume é insuficiente.

Uma equipe de BBC Brasil esteve na cidade mineira e mostra as dificuldades dos moradores para conseguir água. (BBC Brasil)

  Categorias: