Mulher acima de qualquer suspeita é presa acusada de traficar drogas em Teixeira de Freitas

Mulher acima de qualquer suspeita é presa acusada de traficar drogas em Teixeira de Freitas
Bem vestida e maquiada, acusada foi presa em posse maconha l Imagem: Rafael Vedra/LN
14 março 18:40 2017 Imprimir esta notícia

Na noite desta última segunda-feira, dia 13 de março, a central de comunicação da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), foi informada através do telefone 190, sobre uma jovem, que normalmente andava bem vestida e supostamente acima de qualquer suspeita, vinha recebendo e distribuindo drogas a partir de um imóvel localizado à Rua Antônio Floriano, no Bairro Tancredo Neves, região oeste da cidade.

A denúncia foi repassada a uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), que já fazia rondas em outro bairro próximo e quando os policiais chegaram ao endereço indicado, encontraram um tio da acusada, que autorizou a entrada deles no interior da residência.

E durante as buscas, como informado na denúncia anônima, os policiais foram direto a um guarda roupa que pertenceria à acusada e lá localizaram uma sacola plástica contendo quatro tabletes de maconha. Com a descoberta, Jamile da Costa Silva, de 21 anos de idade, recebeu voz de prisão e foi conduzida à sede da 8ª Coorpin, onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado Bruno Ferrari, de plantão na unidade.

No decorrer da oitiva, Ferrari descobriu que a acusada iria visitar um interno do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CTPF) e apesar da mesma ter informado não conhecê-lo, acredita-se que a jovem poderia estar a serviço desse preso que ainda está tendo a identificação levantada. Na madrugada desta terça-feira (14), Jamile da Costa Silva, de 21 anos, acabou indiciada por tráfico de entorpecentes, com base no Artigo 33, da temida Lei 11.343/2006 e permaneceu presa à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: