Mulher que estaria dando suporte ao pastor Edimar é detida em Itapetinga

Mulher que estaria dando suporte ao pastor Edimar é detida em Itapetinga
26 janeiro 10:18 2016 Imprimir esta notícia

Uma mulher de 35 anos foi levada para o Complexo Policial de Itapetinga, na tarde do último domingo (24), acusada de ter dado suporte ao pastor Edimar Silva Brito, de 37 anos. Os militares aprenderam alguns pertences de Edimar, dentre eles, uma tolha e uma mala azul contendo várias peças de roupas.

Todo o material estava na residência da conduzida, na Rua Erite de Carvalho, no Bairro Quintas do Morumbi. Na delegacia, onde todo o material foi apresentado para o registro da ocorrência, a mulher prestou depoimento e acabou liberada em seguida. Semana passada, pastor Edimar Silva Brito virou manchete em toda a imprensa após duplo homicídio no município de Vitória da Conquista, que terminou na morte da pastora Marcilene Sampaio e da sobrinha, Ana Cristina. Desde então, ele não foi mais localizado e está sendo procurado pela polícia. (Informações: Itapetinga Repórter)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.