Nova Viçosa teve mais de 150 moradores beneficiados com cirurgias de catarata no mutirão de Teixeira de Freitas

Postado por Teixeira News | 12 de março de 2018 10:08

Um trabalho dos 13 municípios do baixo extremo sul através das suas respectivas Secretaria Municipais de Saúde em parceria com o Governo do Estado da Bahia, culminou com a realização no período compreendido entre 9 a 12 de março, do Mutirão de Catarata, que objetivou atender 1000 pessoas dos 13 municípios da região. O mutirão está montado nas dependências do Centro Especializado em Reabilitação – CER IV, localizado na Avenida das Nações no bairro Monte Castelo.

O secretário Municipal de Saúde de Teixeira, Max Almeida, disse que esta edição é a segunda parte da Semana de Oftalmologia planejada pela Secretaria. “Iniciamos a semana com o Mutirão de Glaucoma e agora nós preparamos esta estrutura para que pudéssemos atender esta quantidade de pessoas da melhor forma neste mutirão de cirurgias de catarata. 1052 pessoas previamente cadastradas estão sendo operadas. Para serem atendidos durante o mutirão, os pacientes já devem possuir indicação de cirurgia de catarata e estarem preparados para passar pelo atendimento”, ressaltou Max Almeida.

Somente o município de Nova Viçosa teve 158 pacientes operados no mutirão em Teixeira de Freitas. Foram pacientes que estavam preparados para passar pelo procedimento e tiveram a data da cirurgia antecipada. A finalidade do mutirão, segundo o secretário Municipal de Saúde de Nova Viçosa, Geraldo Magela, é apressar o atendimento nos serviços da rede, conforme a demanda e o perfil assistencial de cada unidade. “A promoção deste mutirão é para agilizar a realização de procedimentos cirúrgicos de pacientes com catarata, antecipando datas e, consequentemente, melhorando a qualidade de vida dessas pessoas”, afirma Magela.

A cirurgia dura, aproximadamente, dez minutos. Contando com o tempo para o preparo e a alta médica, a duração é de 40 a 50 minutos. Após o procedimento, o paciente permanece com um tampão ocular e retorna ao ambulatório da unidade instalada, após 48 horas, para reavaliação e aplicação de colírio.

São oferecidos no mutirão atendimentos gratuitos de triagem para pacientes de 60 anos ou com idade inferior, desde que esteja com requisição médica ou relatório médico informando diagnóstico de catarata. Após a confirmação do diagnóstico, os pacientes são encaminhados para a cirurgia de catarata, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). A catarata é uma opacidade do cristalino, uma espécie de lente natural do olho. Os indivíduos portadores da catarata apresentam a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada, dificultando as tarefas cotidianas, como ler, dirigir um carro ou até mesmo interpretar a expressão das pessoas.

A médica oftalmologista Verônica Castro Lima explica que a principal causa da catarata é a idade, no entanto, outros fatores e doenças podem estar associados ao seu desenvolvimento, tais como o diabetes, o tabagismo e o uso de certas medicações, como os corticosteroides. O diagnóstico deve ser feito por um oftalmologista, através de exames detalhados que podem indicar o tratamento específico para cada tipo de catarata. (Por Athylla Borborema).

Source URL: https://teixeiranews.com.br/nova-vicosa-teve-mais-de-150-moradores-beneficiados-com-cirurgias-de-catarata-no-mutirao-de-teixeira-de-freitas/