Passageiro de ônibus da Brasileiro dá detalhes sobre assalto. Cobrador foi feito refém

Passageiro de ônibus da Brasileiro dá detalhes sobre assalto. Cobrador foi feito refém
05 agosto 13:34 2017 Imprimir esta notícia

Um dos passageiros do ônibus da Brasileiro, prefixo 4925, que foi assaltado na noite desta sexta-feira (4), na BA-290, próximo a cidade de Medeiros Neto, deu detalhes sobre o crime. Ele disse que o cobrador foi feito refém apenas durante a ação dos assaltantes e que dentro do ônibus, logo atrás de sua poltrona, viajava um policial militar, que seguia para a cidade de Ilhéus e estava desarmado.

O ônibus, que saiu às 17h30 da cidade de Itanhém com destino a Teixeira de Freitas passou por Medeiros Neto por volta das 18h30. Poucos quilômetros depois, dois criminosos, que haviam embarcado na rodoviária de Medeiros Neto, anunciaram o assalto.

De acordo com o passageiro entrevistado pelo site Água Preta News, que estava sentado mais ou menos no meio do ônibus com uma amiga do lado, havia pelo menos uma arma. Ele disse que os criminosos estavam nervosos, vestiam moletons e, um deles, usava lenço estilo faroeste para esconder a boca.

“Rapaz, foi algo assustador, nunca imaginei acontecer isso nessa estrada. Estávamos de boa quando, de repente, ouvimos um deles dizer ‘isso aqui é um assalto, fiquem de cabeça baixa e passem tudo’. Quando eu vi a arma eu abaixei a cabeça. A minha amiga segurou em minha mão e ficamos quietos”, disse.

Ainda de acordo com o passageiro, os assaltantes chegaram a recusar um celular de uma das vítimas, mas ele não soube explicar o motivo.

“Aí eles desceram no meio do mato e mandaram o ‘busão’ seguir. Nesse momento percebi que o motorista estava nervoso, inclusive ele teve dificuldades para arrancar o ônibus. Quando o carro seguiu eu liguei para o 190 e comuniquei o ocorrido”, explicou.

Segundo o passageiro o ônibus seguiu para Teixeira de Freitas, onde a ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Civil.  Ele e sua amiga não tiveram nenhum objeto roubado. (Informações: Edelvânio Pinheiro)

  Categorias: