Perícia constata que agente de saúde foi morto com 11 tiros de pistola em Alcobaça

Perícia constata que agente de saúde foi morto com 11 tiros de pistola em Alcobaça
17 outubro 10:28 2016 Imprimir esta notícia

O crime aconteceu na sexta-feira, dia 14 de outubro, no bairro São Pedro, em Alcobaça e a vítima foi o agente de saúde Ronaltt da Cruz Miranda, de 33 anos de idade, natural de Teixeira de Freitas, mas que trabalhava e morava na cidade onde acabou sendo morto a tiros dentro de sua própria residência, no momento que estava em companhia do filho de 5 anos e da mãe.

Inicialmente a 88ª Companhia Independente da Polícia Militar de Alcobaça (CIPM), foi acionada e informada através do telefone 190, sobre a ocorrência do assassinato e assim que uma guarnição chegou ao local e comprovou a veracidade do fato, tratou de comunicar o ocorrido à sede da 8ª Coorpin e ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT).

Imediatamente a delegada Waldiza Fernandes, responsável pelo plantão regional do final de semana, deslocou-se a Alcobaça, onde procedeu com o levantamento cadavérico. A perícia de local ficou a cargo dos peritos Manuel Garrido e Pedro Paulo, que contataram 11 perfurações de arma de fogo no corpo de Ronaltt, todos de pistola calibre Ponto 40. Logo em seguida foi autorizada a remoção do corpo ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), para exames de necropsia.

A delegada Waldiza Fernandes instaurou inquérito policial para investigar o crime. As últimas informações dão conta que testemunhas foram e ainda serão ouvidas, mas a autoria e motivação da execução continuam desconhecidas. (Por Ronildo Brito)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.