Pesquisa coloca Mucuri na lista dos municípios mais eficientes do Brasil

Pesquisa coloca Mucuri na lista dos municípios mais eficientes do Brasil
06 setembro 10:19 2016 Imprimir esta notícia

Mucuri aparece na lista dos municípios mais eficientes do Brasil, segundo ferramenta inédita lançada pelo Jornal Folha de São Paulo em conjunto com o Instituto Datafolha, que mostra quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros. O Ranking de Eficiência de Municípios – A Folha levou em conta, indicadores de saúde, educação e saneamento básico para calcular a eficiência da gestão e apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total dos 5.569 municípios brasileiros.

Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. A pesquisa nacional do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras. Um dos destaques do investimento do município de Mucuri é na área de educação. De acordo com o Datafolha, a média nacional de gastos dos municípios com o setor é de 32% e Mucuri investiu 50%. Na saúde, o município ficou acima da média nacional com 26%, quando a Constituição determina que sejam investidos 11% nesta área.

A um mês das eleições municipais, o portal de notícias da Folha de São Paulo divulgou este Ranking de Eficiência dos Municípios Brasileiros (REM), que revela quais cidades entregam mais saúde, educação e saneamento para sua população gastando menos. O município de Mucuri aparece acima da média brasileira nos quesitos saúde e educação, mas fica atrás quando o tema é saneamento básico.

Já Caravelas alcançou o melhor índice nos setores de educação e saúde entre todos os 21 municípios do extremo sul baiano. Educação com 0,611 (Média é de 0,509). Saúde com 0,537 (Média é de 0,500). Saneamento com 0,541 (Média é de 0,567).

mucurid2Em Mucuri a maior pontuação está em saúde: com 0,557, acima da média da maioria dos pujantes municípios brasileiros, que é 0,550. De acordo com a Folha de São Paulo, os municípios de Mucuri, Caravelas e Teixeira de Freitas são os únicos municípios do extremo sul baiano que contam com 100% de cobertura das equipes de atenção básica, um resultado excepcional. Sendo que Salvador só conta com 31% de cobertura.

Em educação, Mucuri também tem um resultado excelente se comparado com a média brasileira: Mucuri obteve 0,527. Sendo que a média nacional é de 0,509. O índice leva em conta a qualidade da formação dos professores nas escolas, a média de hora aula por dia, a experiência dos diretores no cargo e o atendimento na rede de educação infantil.

Já no saneamento básico o município de Mucuri aparece abaixo da média brasileira: 0,534, quando a média nacional é de 0,567. De fato, os bairros mais populosos do distrito de Itabatã, como Cidade Nova e Triângulo Leal, não contam com rede de esgoto, e a coleta dos resíduos das residências é feita por caminhão limpa-fossa da Prefeitura Municipal.

O maior é melhor índice em saneamento básico entre os 21 municípios do extremo sul é a cidade de Itamaraju que aparece entre as 10 cidades mais bem saneadas do interior do nordeste do Brasil. E Teixeira de Freitas vem na seqüência com um bom índice revelado de 0,820 sendo que a média nacional é de 0,567. E Porto Seguro vem na terceira colocação com o índice de 0,715.

mucurid1Em Mucuri o prefeito Paulo Alexandre Mattos Griffo, o “Paulinho de Tixa” (PSL), festejou a divulgação do ranking. “Este resultado positivo em relação a educação e saúde mostra o trabalho da nossa gestão desde 2009. Os investimentos na qualificação dos docentes, no planejamento pedagógico e a ampliação da gestão escolar explicam o nosso resultado acima da média. Um dos focos da nossa gestão, é a educação integral e oferecemos mais oportunidades educacionais do que a média do Brasil. Além disso construímos duas grandes escolas, revitalizamos e ampliamos dezenas de outras escolas públicas, constituímos com conforto e comodidade o transporte do alunado e implantamos uma merenda escolar com nutrição de excelência”.

Em relação à saúde pública o prefeito Paulinho também esclareceu: “Hoje nós investimos mais de R$ 2 milhões por ano no Hospital São José, construímos 11 unidades básicas de saúde, revitalizamos, ampliamos e reequipamos todas as demais, estamos concluindo uma UPA 24h. O resultado alcançando pelo município é graças o aprimoramento do processo de avaliação da Atenção Básica, compreendida como organizadora de todo o sistema de saúde. O nosso trabalho buscou identificar aspectos da assistência à saúde no município de Mucuri, valorizando as características particulares presentes na área de cada unidade de saúde”, salientou o prefeito Paulinho.

Para que Mucuri obtivesse tal resultado a pesquisa buscou resultados proporcionados por cada unidade de saúde. O estudo visou contemplar a emergência de fenômenos favorecendo uma visão mais abrangente de cada unidade e distrito sanitário em relação à Mortalidade Infantil, Incidência de Tuberculose, Mortalidade por Causas Externas e Mortalidade Precoce por Doenças Crônicas. Valeu-se da metodologia desenvolvida no Índice de Saúde de Mucuri, obtido pela média dos valores dos componentes de cada unidade de saúde que conseguiu prevenir e salvou vidas nos últimos anos com o trabalho que foi implantado pela atual administração do prefeito Paulinho.

mucuridJá o saneamento que Mucuri não pontuou bem na pesquisa nacional, o prefeito Paulinho de Tixa explica que o maior fator que contribuiu para o resultado abaixo da média é o distrito de Itabatã que é o maior povoamento do município com 20 mil habitantes e possuem populosos bairros sem esgotamento sanitário. Embora, destaca o prefeito, que finalmente no próximo dia 24 de setembro, o governador Rui Costa (PT), vai à cidade de Mucuri inaugurar obras de pavimentação de ruas, quando na oportunidade irá também ao distrito de Itabatã, onde será aguardada a assinatura da ordem de serviço das tão sonhadas obras de saneamento básico do distrito de Itabatã, que deve custar recursos na ordem de R$ 22 milhões.

Segundo o prefeito Paulinho, o saneamento de Mucuri ele conseguiu realizar e inaugurar, já o saneamento básico de Itabatã é um compromisso seu e, é também uma das obras mais sonhadas pela população e sua realização será uma das mais importantes conquistas daquele povo. Acrescenta Paulinho que o saneamento básico constitui num dos mais importantes meios de prevenção de doenças, dentre todas as atividades de saúde pública. “O saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeito insalubre sobre o seu bem-estar físico, mental ou social. Muitas doenças podem proliferar devido à carência de medidas de saneamento”. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: