PF investiga extração ilegal de madeira em Porto Seguro e Itabela

PF investiga extração ilegal de madeira em Porto Seguro e Itabela
16 maio 17:47 2017 Imprimir esta notícia

Uma operação para desarticular a extração ilegal de madeira foi deflagrada nesta terça-feira, dia 16, pela Polícia Federal, nos municípios de Posto Seguro e Itabela. A ação foi para o comércio clandestino de materiais produzidos com itens extraídos do Parque Nacional do Monte Pascoal.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em fábricas, serrarias e depósitos suspeitos de beneficiar, armazenar e revender produtos manufaturados, como gamelas, pilões, farinheiras, tábuas de cozinha, colheres e descansos de mesa. A polícia suspeita que esses produtos eram fabricados com madeiras extraídas do Parque Nacional.

A operação batizada de “Desmonte” teve a participação também da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa), Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Cipe-Mata Atlântica), ICMBio, Ibama, Polícia Rodoviária Federal (9ª Delegacia em Eunápolis), Gerência Regional do Trabalho em Eunápolis e do 6º Grupamento de Corpo de Bombeiros de Porto Seguro.

Fábricas clandestinas foram fechadas, além de pedaços de madeira e produtos já prontos para a comercialização acabaram apreendidos no Povoado de Montinho, em Itabela. (Da redação TN)

  Categorias: