PM afirma que segurança morto estava com droga e resistiu à abordagem policial

06 junho 00:41 2016 Imprimir esta notícia

A Polícia Militar disse em nota neste domingo (5) que ao ser abordado por policiais militares que faziam ronda na Rua Tijuca, em Simões Filho, o segurança Israel Eloi dos Santos, de 32 anos, teria resistido à abordagem por estar portando uma determinada quantidade de drogas. O tipo de entorpecente e a quantidade ao certo não foram revelados pela Polícia, que afirmou ainda que “após ser contido, o suspeito passou mal e foi conduzido para o Hospital Municipal de Simões Filho. Porém, ao chegar ao hospital, Israel foi a óbito”.

No entanto, de acordo com Rosiene Santos Andrade, 33, esposa da vítima, Israel estava no Bar do Tonho quando os policiais chegaram em uma viatura e levaram o seguranças. “Depois de levar uma pancada na cabeça, Israel desmaiou. Eles continuaram batendo, depois colocaram ele na viatura e levaram ao Hospital Municipal de Simões Filho.

A guarnição foi encaminhada à Corregedoria da PM para ser ouvida e iniciar procedimentos legais para apurar o caso. O fato também está sendo apurado pela 22ª Delegacia. (Informações: Correio)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.