PM passa mal em curso e tem suspeita de morte cerebral

PM passa mal em curso e tem suspeita de morte cerebral
01 agosto 10:29 2018 Imprimir esta notícia

Um soldado da Polícia Militar está sob suspeita de ter sofrido morte cerebral. Rafael Tourinho de Aragão, 32 anos, desmaiou e sofreu uma parada cardíaca durante um treinamento para ingresso no Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na última sexta-feira (28).

Um protocolo médico foi aberto, nesta terça-feira (31), para atestar a posível morte cerebral. Rafael estava na piscina, realizando uma atividade aquática quando passou mal. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio e o quadro de saúde dele se agravou nas últimas 48 horas, de acordo com as informações do boletim médico liberado no final da tarde de ontem (30). A informação foi confirmada em nota pela Polícia Militar.

De acordo com informações da assessoria da PM, a máscara de mergulho que Rafael usava alagou quando ele estava na piscina. “Ele foi atendido por equipe médica e transportado por uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) até o hospital”, informou a nota.

Além dos médicos do departamento de saúde da PM, policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) têm acompanhado diariamente a emissão dos boletins de saúde e levam os familiares do soldado Rafael, mãe e namorada, para acompanharem a atualização do quadro de saúde.

A corporação diz em nota que lamenta a situação e diz que tem prestado suporte aos familiares do militar. (Informações: Correio)

  Categorias: