Polícia apreende menor acusado de assassinar trabalhador rural por causa de uma carteira de cigarros em Teixeira de Freitas

Polícia apreende menor acusado de assassinar trabalhador rural por causa de uma carteira de cigarros em Teixeira de Freitas
Trabalhador rural foi atacado supostamente após uma partida de dominó
16 fevereiro 20:54 2017 Imprimir esta notícia

Após o desenvolvimento de investigações, a Polícia Civil de Teixeira de Freitas, chegou na autoria do crime de homicídio consumado, que teve como vítima Josué Miranda Mendes, de 55 anos de idade, fato ocorrido na noite do dia 06 de janeiro deste ano de 2017,  por volta das 23h45, na residência da vítima, na Fazenda de Jamil Chicon, altura do no Km 886 da BR-101, no município de Teixeira de Freitas.

O fato foi inicialmente tratado pela delegada Waldiza Fernandes Rocha, que realizou o levantamento cadavérico no local do crime, instaurando inicialmente o inquérito policial nº 011/17.

E após intensas investigações o assassinato foi elucidado e a arma de fogo utilizada para cometer o crime acabou apreendida, sendo conduzido na presença de seu representante legal um menor de idade, que confessou espontaneamente e sem qualquer tipo de constrangimento a prática do crime, afirmando que matou a vítima em legítima defesa,  após a mesma lhe acusar injustamente de ter subtraído uma carteira de cigarros, partindo para cima do adolescente com um facão,  atentando contra sua vida.

Segundo a polícia o adolescente tem passagem na polícia do Espírito Santo, pela prática de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, vindo a morar em Teixeira de Freitas após ter sido liberado pela Justiça. O procedimento encontra-se em fase de conclusão aguardando os laudos periciais a serem encaminhados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A conclusão do inquérito do caso está sob responsabilidade do delegado Manoel Andreeta, titular da Polícia Civil no município de Teixeira de Freitas. O futuro do infrator será decido pelo Ministério Público (MP), que pode pedir sua internação na Fundação Casa, em Salvador.  (Por Ronildo Brito)

  Categorias: