Polícia Civil descobre mais um homicídio tentado atribuído a “Negão Matador” em Teixeira de Freitas

Polícia Civil descobre mais um homicídio tentado atribuído a “Negão Matador” em Teixeira de Freitas
22 setembro 10:58 2017 Imprimir esta notícia

A Polícia Civil de Teixeira de Freitas, coordenada pela delegada Valéria Chaves, informa a conclusão das investigações envolvendo o homicídio tentado que teve como vítima, Robério Silva de Jesus, fato ocorrido no dia 17 de agosto de 2016, por volta das 12h, no Bairro Castelinho.

A vítima foi alvejada por vários disparos de arma de fogo, que segundo a polícia foram disparados por Ivanildo Pereira dos Santos, o “Negão”, sendo certo que o executor chegou ao local com uma motocicleta não identificada, tipo Honda Fan, de cor prata, tendo como piloto uma pessoa não identificada, desceu da motocicleta com uma arma de fogo tipo revólver calibre 38 em punho e apontando para a vítima, começou a atirar, oportunidade em que, a vítima saiu correndo, tentando fugir do atirador.

Segundo apurou a equipe liderada pelo delegado Manoel Andreeta, titular de Teixeira de Freitas, quando a vítima tentava fugir, acabou ficando presa numa passagem existente na parede de um banheiro, quando então o executor descarregou a arma, efetuando todos os disparos, atingindo Robério nas pernas, que pra não morrer acabou passando pela báscula, caindo no chão do outro lado, na casa vizinha, sendo socorrido pelo próprio genitor junto ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde conseguiu se recuperar dos ferimentos sofridos.

O executor deixou o local com a motocicleta e o piloto, tomando rumo ignorado. Ao ser ouvida na Delegacia a vítima reconheceu a pessoa de Ivanildo Pereira dos Santos como sendo o autor dos disparos. Consta que a motivação do crime se deu por envolvimento dos protagonistas com o tráfico de drogas no Bairro Castelinho. “Através das investigações realizadas pela Polícia Civil, passou-se a saber que o autor Ivanildo Pereira dos Santos, o “Negão”, trabalhava como executor ou “soldado do tráfico” do grupo de traficantes ligado a Romário Guimieiro, o “Barrão”, morto em uma emboscada por um grupo de traficantes rivais, no Bairro Nova América, em janeiro de 2016”, disse Andreeta.

O procedimento encontra-se em fase de saneamento e conclusão, aguardando o encaminhamento do prontuário da vítima que foi atendida no HMTF. Os Autos foram encaminhados para os delegado do Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), que ficaram responsáveis por promoverem a representação pela prisão preventiva do autor, que já é considerado um dos maiores matadores de aluguel da história de Teixeira de Freitas, assim como pela conclusão do feito através do relatório final. (Da redação TN)

  Categorias: