Polícia Civil prende receptador e elucida homicídio em Alcobaça

Polícia Civil prende receptador e elucida homicídio em Alcobaça
25 outubro 13:06 2016 Imprimir esta notícia

Nesta segunda-feira, dia 24 de outubro, o delegado Marco Antônio Neves, titular da Polícia Civil no município de Alcobaça, deu por esclarecido o assassinato de Cléber Espírito Santo Avelino, o “Secão”, crime ocorrido no dia 11 de novembro de 2015, em São José, interior do município. O autor do crime, segundo Neves, é Daniel Pereira dos Santos, vulgo “Neneu”, de 19 anos, preso na semana passada em posse de uma moto roubada.

Após a prisão de “Neneu”, apontado como integrante da quadrilha supostamente liderada por Luan Fergon, que encontra-se custodiado no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), a polícia começou a questioná-lo acerca do assassinato de “Secão” e diante das evidências apresentadas ao acusado nesta segunda-feira (24), de acordo com o delegado Marco Antônio Neves, ele acabou por confessar o assassinato.

Ainda conforme o delegado Marco Antônio, também responsável pela Delegacia Regional de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), o mandante do assassinado de “Secão” foi um elemento conhecido por “Liliu”, que também encontra-se preso à disposição da Justiça. A motivação do homicídio teria sido por dívida relacionada com o tráfico de drogas, apesar de uma outra linha de investigação que liga o crime à queima de arquivo, ainda continuar em curso.

A partir de agora, Daniel Pereira dos Santos, o “Neneu”, de 19 anos, que já havia sido indiciado por receptação, também passa a responder pelo crime de homicídio. Nos próximos dias o assassino será encaminhado ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), onde vai permanecer à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: