Polícia pede prisão de prefeitos mineiros por irregularidades na compra de combustíveis

Polícia pede prisão de prefeitos mineiros por irregularidades na compra de combustíveis
29 março 17:46 2016 Imprimir esta notícia

A Polícia Civil informou, nesta segunda-feira (28), que indiciou e pediu a prisão dos prefeitos de São José da Lapa, Francisco Fagundes de Freitas (PT), e de Vespasiano, Carlos Moura Murta (PMDB). De acordo com a corporação, os políticos da Região Metropolitana de Belo Horizonte são suspeitos de desvio de verbas.

Eles são investigados pela “Operação Catagênese”, deflagrada em março de 2015 e que apura o suposto desvio de recursos públicos em contratos de fornecimento de combustíveis para o abastecimento da frota de 19 prefeituras.

Ainda conforme a polícia, os inquéritos, que foram concluídos e enviados à Justiça na semana passada, apontaram indício de fraudes em licitações das prefeituras de São José da Lapa e Vespasiano para contração do Posto de Combustíveis Energia Ltda., que fica em Vespasiano.

Além de Murta e Freitas, a polícia indiciou e pediu a prisão do dono do posto, do filho dele, que cuida do controle financeiro da empresa, da gerente e de quatro servidores das prefeituras. Os investigados podem responder por desvios de recursos públicos e participação em organização criminosa. A corporação ainda solicitou o afastamento dos cargos de todos os agentes públicos municipais.

A polícia afirmou que o Judiciário ainda não se manifestou sobre os pedidos de prisão. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) não confirmou o recebimento dos inquéritos. (Informações: G1)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.