Polícia prende “Mineirinho” e comparsa em rota de fuga na cidade de Teixeira de Freitas

Polícia prende “Mineirinho” e comparsa em rota de fuga na cidade de Teixeira de Freitas
08 setembro 11:51 2016 Imprimir esta notícia

No fim da tarde desta quarta-feira,  dia 7 de setembro, por volta das 17h40, policiais militares do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), prenderam dois indivíduos acusados de tráfico de drogas. Em poder dos mesmos foram encontradas 08 buchas de maconha, uma porção pequena da mesma droga e duas pedras de crack. A dupla estava a bordo de uma motocicleta Yamaha YS150 Fazer, de cor vermelha e placa PJI-4055.

Os dois acusados presos são Guilherme Pereira Balbino de Souza, o “Mineirinho”, de 19 anos, morador da Rua Dom Lucas Moreira Neves, no Bairro João Mendonça e Gean da Silva Jorge, 23, morador da Rua N11, no bairro Vila Caraípe. Guilherme (Mineirinho) fugiu de uma ação da DTE/DRACO na terça-feira (06), e a pessoa de Yara Oliveira de Jesus, que estava na residência, acabou sendo presa. Na residência foi encontrada uma grande quantidade de buchas de maconha dentro de uma sacola plástica enterrado nos fundos do imóvel.

Foi dada voz de prisão e os indivíduos Gean e Guilherme acabaram conduzidos à sede da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). Em entrevista à reportagem, “Mineirinho” disse que sabia que a polícia estava atrás dele. Em relação a Yara, ele negou que ela seja sua esposa, e que só tinha ido lá para fumar um “back” (cigarro de maconha) com ele. “Ela não tem nada a ver com a droga não, os policiais procuraram e encontraram a maconha, e aconteceu esse desacerto”, disse.

Ainda segundo “Mineirinho” ele já estava fugindo para Belo Horizonte-MG., e que o Gean apenas estava lhe dando um bonde (carona). Com o Gean a polícia encontrou uma pedra de crack. Em depoimento Gean confessou que é usuário de drogas, e que sabia que “Mineirinho” estava fugindo. O Gean disse ainda que já tem passagem por crime de roubo (157). Já Guilherme, segundo a polícia, cumpriu pena de oito meses no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), por crime de tráfico de drogas e receptação.

Após ouvir os acusados, o delegado Willian Telles, de plantão na 8ª Coorpin, autuou o Guilherme (Mineirinho) por crime de tráfico de drogas (Art. 33) e o Gean, por crime de associação ao tráfico de drogas (Art. 35). Os dois seguem custodiados à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: