População de Taquarinha presta as últimas homenagens a Nego da Embasa e prefeito Paulinho decreta luto oficial em Mucuri

População de Taquarinha presta as últimas homenagens a Nego da Embasa e prefeito Paulinho decreta luto oficial em Mucuri
30 maio 18:13 2016 Imprimir esta notícia

A população do distrito de Três Corações, mais conhecido como Taquarinha, no extremo do município de Mucuri e já bem próximo à divisa com o estado de Minas Gerais, parou para o velório e sepulto do vereador Vilson Luiz Martins, “Nego da Embasa”, que acabou morrendo após mais de 100 dias internado no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), vítima de um acidente automobilístico ocorrido numa estrada vicinal que liga a BR-418 a uma rodovia também asfaltada na Costa do Atlântico. O caminho é considerado um desvio e além de evitar o tráfego intenso da BR-101, encurta distância pra se chegar em Mucuri.

O político seguia em companhia da esposa, quando perdeu o controle da direção e o seu veiculo capotou. Ele sofreu lesão medular, havia o risco de ficar tetraplégico, estava sendo acompanhado por neurocirurgiões, mas acabou não resistindo e veio a óbito na manhã deste sábado, dia 28 de maio, há exatos três meses e 22 dias de internação. O acidente ocorreu no último dia 6 de fevereiro e a esposa do vereador Nego da Embasa sofre apenas ferimentos leves.

No início da tarde desta segunda, dia 30 de maio, mesmo dia do sepultamento, o prefeito Paulinho de Tixa (PSL), assinou decreto que estabelece luto oficial de três dias no município, como homenagem póstuma ao vereador Vilson Luís Martins, popularmente conhecido como Nego da Embasa.

uldO Decreto Nº 1.986 diz que a morte de Nego deixou “consternada sua família, Câmara de Vereadores, administração municipal, servidores públicos, amigos e todos aqueles que o conheceram”, justificando a homenagem.

O velório aconteceu na casa da mãe do político em Taquarinha, sua maior base eleitoral e foi acompanhado por outros vereadores, secretários municipais, lideranças políticas e empresarias do município, além de centenas de moradores. A esposa de Nego da Embasa esteve durante todo o tempo ao lado do caixão, prestando homenagens e falando da pessoa boa que o marido.

No lugar de Nego da Embsa já assumiu a vaga na Câmara de Mucuri, o primeiro suplente Elias Kock. Até então, por motivo da licença de Vilson, Kock já havia assumido o posto interinamente. (Por Ronildo Brito)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.