Presidente da Câmara endurece e baixa decreto proibindo liberação de veículos para Vereadores

Presidente da Câmara endurece e baixa decreto proibindo liberação de veículos para Vereadores
09 março 10:02 2017 Imprimir esta notícia

Na tarde desta quarta-feira (08/03), o presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), baixou um decreto proibindo à direção geral da casa a liberar qualquer veiculo do Poder Legislativo sem a direção de um motorista oficial do órgão. A Câmara possui 6 veículos disponíveis para missões dos parlamentares, desde que seja requisitado antecipadamente por meio de oficio. Mas, no último feriadão de carnaval ocorreram dois fatos atípicos nunca antes registrados que fizeram o presidente tomar uma medida dura contra os seus próprios colegas de parlamento em que a partir de agora qualquer carro que seja liberado para um vereador ou servidores da casa tem que sair obrigatoriamente sob a direção de um motorista oficial.

No último feriadão de carnaval cinco dos veículos foram deixados em um Posto de Lavagem que promove o serviço para a Câmara Municipal há anos para que fossem higienizados. Ao recolher os carros na quarta-feira de cinzas, o diretor geral notou que um dos veículos estava com 57 quilômetros rodados além do registro do dia que o carro foi estacionado no posto. Ao investigar se descobriu que um funcionário do posto havia apossado-se do carro oficial da Câmara no final de semana e viajado para o povoado de Duque de Caxias onde foi visto dirigindo o veículo com uma moça ao lado. O funcionário foi demitido pelo Posto de Lavagem e denunciado pela Câmara Municipal por meio de um registro policial na Polícia Civil onde um termo circunstanciado foi instaurado em desfavor do infrator.

Na quinta-feira (23/02), alegando a necessidade do carro para realizar missões em favor do seu mandato, um vereador oficiou à Câmara Municipal e obteve a posse de um veículo que só foi devolvido na segunda-feira do último dia 6 de março. Até aí tudo bem, porque o uso dos carros oficiais pelos vereadores é legitimado, desde que seja em prol do mandato do parlamentar. Mas esta semana surgiu nas redes sociais uma denúncia de uma internauta que fotografou o Fiat/Pálio da Câmara Municipal camuflado de lona numa garagem de uma casa no balneário de Barra de Caravelas, dando a entender que o seu usuário sabia da infração e tentou esconder o carro durante o carnaval na beira da praia.

carrodApós a denúncia da internauta, o presidente Agnaldo Teixeira Barbosa mandou averiguar o caso e detectou a veracidade, quando determinou a abertura de um ato administrativo e mandou o caso para a Comissão de Ética da Câmara Municipal. Por sua vez o vereador Darlan Martins Lopes (PSD), assumiu imediatamente a posse do carro no período e informou que realmente esteve com o veículo em Barra de Caravelas no sábado de carnaval. E como tinha algumas visitas para fazer a amigos no balneário, deixou o carro estacionado na garagem da casa de uma família conhecida e que a tarde pegou o veículo e retornou para Teixeira de Freitas. Contudo, alega que se sentiu surpreso com as fotos do referido carro na internet todo camuflado de lona na referida garagem. Alegando que com certeza fora alguém durante o entra e sai no imóvel, que aproveitou sua ausência e camuflou o carro somente para tirar as fotos visando lhe prejudicar politicamente. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: