Preso acusado de associar-se a comparsa para matar desafeto em Teixeira de Freitas

Preso acusado de associar-se a comparsa para matar desafeto em Teixeira de Freitas
23 fevereiro 12:05 2018 Imprimir esta notícia

Na data de 12 de dezembro de 2017, no bairro São Lourenço, região central de Teixeira de Freitas, as pessoas de Sedriq de Jesus Carvalho, Igno Márcio Melgaço Felício e Fábio Souza de Jesus foram surpreendidas por uma dupla que se aproximou numa motocicleta e desferiu vários disparos. As vítimas Sedriq e Igno foram atingidas, mas sobreviveram.

Por força de um mandado de prisão a Polícia Civil conseguiu capturar o acusado Daniel da Silva Batista, o “Daniel Gordo”, que em depoimento relatou que era “direito” até que começou a se envolver com pessoas erradas, usar e vender drogas. Disse que soube que a pessoa de Sedriq, que seria traficante de um grupo rival, atuante no bairro São Lourenço, propagava ameaças de morte contra ele e esclareceu que procurou um comparsa para que juntos matassem o desafeto.

No dia do crime o comparsa, cujo nome não revelou, chegou numa moto e na posse de duas armas de fogo, sendo que um revólver calibre 38 ficou com o piloto e uma pistola, cujo calibre não soube informar, foi disponibilizada ao investigado, carona. Em determinado local do bairro São Lourenço a vítima, acompanhada de duas pessoas, fora visualizada pelos executores, momento em que o interrogando desceu já efetuando diversos disparos somente contra Sedriq.

Por fim, argumentou que não conhecia as pessoas que acompanhavam a vítima e que não desejava matá-las, imputando ao comparsa os disparos que feriram a vítima Igno.

As últimas informações dão conta que Daniel da Silva Batista, o “Daniel Gordo”, após ser interrogado, foi levado à carceragem da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde permanece preso à disposição da Justiça. (Da redação TN)

  Categorias: