Preso de Jucuruçu é assassinado por colega de cela no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas

Preso de Jucuruçu é assassinado por colega de cela no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas
João Carlos Amaral de Jesus, o "Talinho" (à esq) confessou o crime
10 novembro 00:10 2017 Imprimir esta notícia

Geová Gomes da Silva, de 24 anos de idade, interno do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira, dia 9 de novembro, no interior da cela em que ele dividia com outro interno, identificado como João Carlos Amaral de Jesus, o “Talinho”, oriundo de Caravelas.

Os dois, segundo a direção da unidade prisional, apresentavam problemas psiquiátricos e por isso não eram aceitos pelos demais presos. Logo cedo os agentes penitenciários localizaram o corpo de Geová, com um lençol amarrado no pescoço e apresentando sinais de violência.

O Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e o Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), serviço especializado da 8ª Coorpin, estiveram local, onde realizaram a perícia e o levantamento cadavérico, respectivamente. Logo depois o delegado Ricardo Amaral autorizou remoção e o corpo ao Instituto Médico Legal (IML), para exames de necropsia.

Geová Gomes da Silva, de 24 anos, era oriundo de Jucuruçu e cumpria pena por assassinato. João Carlos Amaral de Jesus, o “Talinho”, que está preso por roubo, agora vai responder por homicídio. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: