Preso por tráfico “Batata” assume homicídios tentado e consumado em Teixeira de Freitas

Preso por tráfico “Batata” assume homicídios tentado e consumado em Teixeira de Freitas
13 abril 10:54 2016 Imprimir esta notícia

Os crimes aconteceram no ano de 2012, quando Joab dos Reis Ramos foi atingido por golpes de arma branca e veio a óbito,  enquanto Adeilson da Silva Gama, apesar de agredido acabou sobrevivendo.

Segundo o delegado Kleber Gonçalves, coordenador regional da 8ª Coorpin, a Polícia Civil sempre veio trabalhando para elucidar os crimes através do inquérito número 116, instaurado em 2012. Na época os agentes do Serviço de Investigação (SI), obtiveram a informação que o criminoso seria uma elemento conhecido por “Batata”. No curso das investigações foi efetivada representação pela prisão preventiva do acusado, que ao saber que seria preso evadiu-se.

No último sábado, dia 9 de abril, policiais militares da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), prenderam Adailton dos Santos Peçanha, vulgo “Batata”, de 25 anos, por acusação de envolvimento com o tráfico de drogas, o que alertou a Polícia Civil, que começou a questionar o acusado sobre os possíveis crimes que cometera em 2012.

batatad

Acusado foi preso sob acusação de vender droga no interior de um bar / Foto: Arquivo TN

Na tarde desta terça-feira, dia 12 de abril, após mais uma oitiva, “Batata” resolveu assumir os homicídios, sendo um tentado e outro consumado, definindo inclusive a motivação, nesse caso, de acordo com a polícia, descabida, ou seja, um desentendimento dele com as vítimas no interior de um bar, o que pode até ser uma qualificadora do crime.

Dessa forma, de acordo com o delegado Kleber Gonçalves, já existindo materialidade e agora com esclarecimento da autoria o inquérito será remetido à Justiça para que seja o acusado processado e levado possivelmente a júri popular. (Por Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.