Presos em operação, diretores da Emasa são levados para presídio de Itabuna

Presos em operação, diretores da Emasa são levados para presídio de Itabuna
01 julho 10:03 2016 Imprimir esta notícia

A operação desencadeada pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual (MP-BA) na Emasa, empresa municipal de água e saneamento de Itabuna, resultou em duas prisões preventivas. O diretor de Planejamento e Expansão, José Antônio dos Santos e o chefe do setor de Combate a Vazamentos, Pedro Barreto, já foram encaminhados para o Presídio da cidade.

José Antônio foi levado para o presídio depois de ser ouvido e fazer exame de corpo de delito, no Complexo Policial de Itabuna. Ele e Pedro Barreto são investigados por crimes contra as relações de consumo, peculato e condescendência criminosa. O processo corre em segredo de justiça.

Os pedidos de busca e apreensão na Emasa e em endereços de José Antônio e de Pedro Barreto e das prisões preventivas foram feitos pelo Ministério Público Estadual e acatados pelo juiz substituto da 2ª Vara Criminal, Marcos Adriano Ledo. (Informações do blog Pimenta)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.