Produtores do Sudoeste e Litoral Sul recebem curso de apicultura

Produtores do Sudoeste e Litoral Sul recebem curso de apicultura
19 janeiro 09:37 2017 Imprimir esta notícia

Produtores dos Territórios Sudoeste Baiano e Litoral Sul, beneficiados pelo projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), participaram, desde segunda-feira (16) até esta quarta-feira (18), de um curso de apicultura, respectivamente, nos municípios de Tremedal e Ilhéus.

A capacitação foi promovida pela CAR com a parceria da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf) e aSuperintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), vinculadas à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

A iniciativa visa auxiliar os beneficiários no processo de geração de renda e fortalecer a cadeia da apicultura em toda a Bahia. O conteúdo abordou temas como povoamento de colmeias, aquisição de enxames, prática de captura, local adequado para implantação de apiários, floradas, materiais e equipamentos entre outros.

Para o presidente da Associação Indígena Tupinambá Acuípe de Cima, Alberto Lopes, a Capacitação é um presente. “O curso é uma graça no pai Tupã para todos. Vamos aprender a crescer, protegendo a natureza e fortalecendo a renda familiar dos associados e parentes”.

Os cursos foram ministrados pelos técnicos da Bahiater, José Simão e José Marcos Rocha, em Tremedal, Paulo Carilo, em Ilhéus, e contou também com o acompanhamento do coordenador do Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (Setaf) de Vitória da Conquista, Antônio Neto e do Assistente do Território Litoral Sul, Anderson Franciscone.

Investimentos na apicultura

apid1O mel da Bahia ocupa o 1º lugar na produção de mel da região Nordeste, segundo dados do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE). No ranking nacional, a Bahia é o 3º maior produtor com mais de 4,5 mil toneladas por ano. Atualmente são mais de 20 mil apicultores baianos, sendo 99% da agricultura familiar.

O Bahia Produtiva já assinou convênios com 53 instituições representativas da agricultura familiar, com valor global de até R$ 20 milhões, por meio de seleção do Edital de Apoio à Apicultura e Meliponicultura, atendendo, em todo o estado, 3.600 produtores. (Da redação TN)

  Categorias: