Professores de Teixeira de Freitas são capacitados pelo Sebrae para levar educação empreendedora à sala de aula

Professores de Teixeira de Freitas são capacitados pelo Sebrae para levar educação empreendedora à sala de aula
25 abril 17:28 2017 Imprimir esta notícia

Com o objetivo de capacitar professores do Ensino Fundamental para incentivar estudantes à cultura do empreendedorismo no caminho entre a sala de aula até o mercado de trabalho, o Sebrae Bahia iniciou em Teixeira de Freitas, a capacitação de 22 professores para o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). Os encontros aconteceram entre segunda-feira, 17, e quinta-feira, 20. Posteriormente, também serão contempladas as cidades de Medeiros Neto, Ibirapuã e Itagimirim.

A educação empreendedora estimula o desenvolvimento do ser humano em todas as suas dimensões, contribuindo assim para o aperfeiçoamento de competências e habilidades empreendedoras. De acordo com o gerente regional do Sebrae em Teixeira de Freitas, Alex Brito, a atuação dos professores capacitados pelo JEPP é de grande importância para o desenvolvimento econômico do país, “A melhor forma de gerar emprego e renda é incutir na educação de base o tema empreendedorismo”, disse. Ainda segundo Brito, uma nova geração incorpora formas de pensar e agir muito mais dinâmicas e autônomas. Por conta disso, é essencial que esses indivíduos sejam formados dentro de uma educação empreendedora.

O secretário municipal de Educação de Teixeira de Freitas, Hermon Freitas, disse que o projeto pedagógico elaborado pelo Sebrae para o JEPP atende e respeita a todos os parâmetros do alcance cognitivo dos estudantes, conforme a faixa etária ao longo de todo o Ensino Fundamental. Para ele, a iniciativa tem a função de encorajar e incentivar o potencial empreendedor no desejo de buscar mudanças, reagir e interagir, explorando a oportunidade de negócios. “O que nós esperamos é que essas crianças, ao terem a suas capacidades empreendedoras desenvolvidas, possam fazer complemento de renda no futuro para as suas famílias ou até mesmo que se tornem grandes empreendedores”. (Da redação TN)

  Categorias: