Quilombo de Helvécia recebe a visita da secretária de Estado de Promoção da Igualdade Racial da Bahia

Quilombo de Helvécia recebe a visita da secretária de Estado de Promoção da Igualdade Racial da Bahia
10 setembro 22:01 2017 Imprimir esta notícia

A secretária de Estado de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, Fabya dos Reis Santos Assunção, visitou nesta última sexta-feira (08/09), a comunidade quilombola de Helvécia, no município de Nova Viçosa. A secretária de Estado Fabya Reis foi recebida pela secretária Municipal de Educação, Jessyluce Cardoso Reis e pela secretária Municipal de Turismo, Lucenilde Maria da Silva Araújo Fernandes, a “Dona Lu” e diversas outras lideranças da comunidade de Helvécia.

held4Na localidade onde vive cerca de 5 mil quilombolas, a gestora apresentou as políticas desenvolvidas pela SEPROMI – Secretaria de Promoção da Igualdade Racial e discutiu atividades a serem realizadas em conjunto e ouviu demandas, num encontro que reuniu representações comunitárias e do poder público da região. Participaram da atividade as lideranças Jane Santos Krull e Gilcinete Joaquim, de Helvécia; Benedito Quintiliano, representando a comunidade Rio do Sul e o Conselho das Comunidades Quilombolas.

held3Marcaram presenças, ainda, o diretor de Cultura, Ricardo Oliveira; o vereador por Caravelas, Kleber Fernandes Santos “Klebinho do Espora Gato” (PSDC). O dirigente do Núcleo Territorial de Educação (NTE 07), Agnaldo Leal, acompanhado por Maria Dias Assunção, coordenadora de Organização e Atendimento Regional e Evandro Santos, e o coordenador de Gestão de Pessoas, do mesmo órgão; além de educadoras e outras lideranças locais.

De acordo com a secretária de Estado Fabya Reis, que é administradora de formação, especialista em políticas públicas, mestra em sociologia e doutora em ciências sociais, a intenção do Governo do Estado é interiorizar, cada vez mais, as discussões sobre as políticas afirmativas desenvolvidas na Bahia, dando protagonismo à população negra e aos grupos étnicos historicamente atingidos pelo racismo estrutural.

held2“Na ampliação do diálogo vamos avançando no cumprimento dos marcos legais que hoje orientam o Estado na aplicação de políticas de reparação específicas, a exemplo daquelas expressas no Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa, amparando as comunidades, principalmente, na defesa do território”, pontuou a secretária de Estado.

held1Fabya Reis ainda enalteceu a importância do município de Nova Viçosa compor o Fórum de Gestores Municipais da Igualdade Racial, caminhando para a incorporação da agenda racial nas políticas públicas locais, como estratégia para potencializar as ações destinadas à população negra e os segmentos dos povos e comunidades tradicionais.

heldNo encontro, tanto a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Turismo, quanto a comunidade e a Associação Quilombola de Helvécia, apresentaram diversas demandas, principalmente na esfera educacional e nas questões que envolvem o território. O reconhecimento oficial das comunidades, por meio da certificação da Fundação Cultural Palmares, ocorreu em 2005, o que reforça ainda mais a necessidade de ações estruturantes e de desenvolvimento local. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: