Restaurante de Porto Seguro vira franquia após atendimento do Sebrae

Restaurante de Porto Seguro vira franquia após atendimento do Sebrae
02 abril 11:27 2017 Imprimir esta notícia

“A gente pensava em franquia como uma coisa muito distante”, lembra hoje a empresária Beatriz Dutra, proprietária da Esfiha e Cia, primeira empresa a se tornar uma franquia através do atendimento do Sebrae no Extremo Sul da Bahia. A empresa de Porto Seguro, do ramo de alimentação, já tem duas filiais, uma em Arraial D’Ajuda e outra em Caraíva, e agora dá mais um passo em sua expansão com o apoio do Programa Franqueador Bahia, do Sebrae.

De acordo com o gerente regional do Sebrae, Alex Brito, o Programa Franqueador Bahia habilita o empresário para que a sua marca seja lançada no mercado nacional de franquias. “Essa estruturação com o sistema de franquias é uma das alternativas para os negócios que desejam expandir e alcançar novos mercados”, explica Alex. Ele destaca ainda que programa atua a partir de ações especialmente voltadas para essas empresas, oferecendo subsídios de até 70% e incentivos para o crescimento e desenvolvimento do negócio.

À frente da mais nova franquia baiana, Beatriz lembra o desafio de passar pelo processo de expansão. “Com o Sebrae, nós percebemos o quanto esse apoio é importante para o empresário. O que a gente vem divulgando é isso, o quanto nós precisamos dessa orientação”, defende a empresária, que há 18 anos empreendeu no setor de restaurantes especializados em esfihas e pratos rápidos.

“Nós começamos de maneira bem tímida, mas sempre buscamos orientações. Fizemos o Empretec, participamos do MEDE (Método de Acompanhamento do Desempenho Empresarial) e várias outras capacitações”, diz Beatriz. Após todo o preparo, a empresária comemora os resultados que o negócio vem registrando, mesmo em períodos de menor demanda. “No verão, nós esperávamos uma baixa na empresa e isso não aconteceu. E sabemos que foi por causa de uma gestão mais eficiente”, ressalta. (Informações: Alisson Leite)

  Categorias: