Secretário Pinheiro apresenta proposta para universalizar a banda larga nas escolas públicas no País

Secretário Pinheiro apresenta proposta para universalizar a banda larga nas escolas públicas no País
12 maio 10:35 2017 Imprimir esta notícia

O secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, apresentou, nesta quinta-feira (11), propostas para a universalização da banda larga nas escolas públicas, durante II Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Secretários da Educação. O secretário defendeu uma ampla mobilização nacional, envolvendo o uso da infraestrutura já existente no país, a exemplo da RNP, que já interliga as universidades públicas, e as redes da Chesf e da Telebras, além do satélite geoestacionário brasileiro, recentemente lançado.

Na proposta apresentada por Pinheiro, os ministérios de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI) e da Educação (MEC) lançariam editais por serviços de banda larga, em parceria com os estados. “Nós vamos entrar com a garantia de compra de serviços para atender as escolas, seja por fibra, por rádio, satélite ou OPGW”, destacou.

Pinheiro também avaliou que se essas compras forem nacionais, ocasionarão o barateamento na aquisição de equipamentos e aumento da qualidade, “para ter a capacidade de cobrir completamente e de forma eficiente o que é o grande nó nosso, que é o atendimento das escolas, preparando para fazer a integração. Portanto, uma escola mais distante poder participar de uma avaliação, dos debates, ter as experiências e o patrocínio do ponto de vista da sua alteração pedagógica da mesma forma das escolas que estão nos centros mais avançados”, disse.

As soluções apresentadas por Pinheiro também interligariam com banda larga hospitais, delegacias, centros de controle integrados e defesa civil, ampliando ainda o acesso dos cidadãos a serviços de e-gov. (Da redação TN)

  Categorias: