Sequestradores do ex-prefeito de Valença foram presos enquanto faziam divisão do dinheiro

Sequestradores do ex-prefeito de Valença foram presos enquanto faziam divisão do dinheiro
19 fevereiro 20:43 2018 Imprimir esta notícia

Os acusados de sequestrar o ex-prefeito de Valença foram presos quando estavam fazendo a divisão do dinheiro em uma churrascaria no município de Caçapava, em São Paulo. A informação foi divulgada pela Polícia Civil, durante a apresentação dos suspeitos à impressa, nesta segunda-feira, 19.

Os sequestradores foram identificados como Márcio Reis dos Santos, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos, eles foram apresentados na unidade de Polícia Civil, que fica no bairro da Pituba.

A Polícia Civil informou que Márcio já havia sido preso por receptação, em outubro de 2017. Já André passará por exame de identificação criminal, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), pois ele já foi preso com 18 diferentes identidades e é preciso confirmar o nome dado por ele desta vez.

Eles confessaram o crime ao delegado Cleandro Pimenta, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). A quadrilha, que havia fugido para São Paulo, foi presa, na quarta-feira, 14, e trazida para Salvador no sábado, 17.

O sequestro

Ramiro Campelo de Queiroz, ex-prefeito de Valença e dono das redes de lojas Guaibim e Casa Fácil, foi sequestrado na manhã do dia 18 de janeiro, na porta da sua residência, em Valença. Ele foi localizado neste domingo, 11, numa cidade do Espírito Santo.

A família da vítima pagou cerca de US$ 451 mil para os sequestradores pela liberação de Ramiro, porém o dinheiro foi recuperado dias após o pagamento. (Informações: A Tarde)

  Categorias: