SINDIPOC desmente Rui Costa e diz que DTE vai para Porto Seguro com 11 agentes

SINDIPOC desmente Rui Costa e diz que DTE vai para Porto Seguro com 11 agentes
15 fevereiro 12:23 2017 Imprimir esta notícia

No início da tarde desta terça-feira, dia 14 de fevereiro, o vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDIPOC), Eustácio Lopes de Oliveira Filho, concedeu uma entrevista ao Programa do Bocão, jornalístico apresentado pela Rede Sul Bahia de Comunicação e desmentiu uma informação dada pelo governador Rui Costa, durante a visita que o chefe do executivo estadual fez a Alcobaça. Ao contrário do que disse Costa, Eustácio confirmou que a Delegacia Regional de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), com sede em Teixeira de Freitas, vai mesmo para Porto Seguro. “A publicação da transferência da DTE já saiu no Diário Oficial”, disse. Acompanhou Eustácio na entrevista o policial civil Luiz Henrique da Ressurreição ‘Lula’, representante regional do SINDIPOC.

Na última sexta-feira (10/02), o governador Rui Costa (PT), logo após entregar 14 viaturas para as forças de segurança da região e assinar convênios com associações através do programa Bahia Produtiva, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa regional, e chegou a irritar-se ao ser perguntado sobre a possibilidade de transferência da DTE. “Gente, em casa região que vou preciso ficar respondendo a boatos. Até agora não sei dessa transferência, ninguém me falou nada e por isso eu não vou ficar alimentando boatos”, falou.

Ainda durante a entrevista que concedeu ao radialista Lucas Bocão, o sindicalista Eustácio Lopes, informou que o objetivo de sua visita ao município de Teixeira de Freitas era verificar as condições de trabalho dos policiais civis da base da 8ª Coorpin e chegou a denunciar que os agentes estão com os coletes vencidos, o que na sua opinião coloca em risco suas vidas. “Existem até alguns coletes na unidade [8ª Coorpin], mas os novos policiais civis que chegaram recentemente, estão sem esses equipamentos. Isso é uma vergonha e estão brincando com a vida desses policiais”, denunciou.

E completou: “Só vi dois coletes lá [8ª Coorpin] dentro do prazo de validade, mas os outros estão vencidos. Sem coletes balísticos, diante dessa criminalidade armada, não tem como a polícia oferecer um bom atendimento à população”.

Ao ser novamente indagado pelos radialistas Lucas Bocão e Tyago Ramos acerca da informação da saída da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), o vice-presidente do SINDIPOC, relatou ser um prejuízo para Teixeira de Freitas e a unidade estaria indo pra Porto Seguro por causa da repercussão da chacina ocorrida recentemente na cidade. “Os prejuízos são enormes, visto que Teixeira de Freitas, a exemplo de outras cidades maiores da Bahia, sofre interferência do tráfico estadual. A transferência lamentável está ocorrendo por causa de um acontecimento apenas”, relatou Eustácio Lopes, adiantando que a remoção já foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

A informação que a unidade irá funcionar em Porto Seguro com 11 agentes, enquanto durante o tempo que esteve em Teixeira de Freitas só contava com dois, irritou o radialista Lucas Bocão, que é atual vice-prefeito da cidade. Ele falou que os prefeitos foram ao evento em Alcobaça apenas para pousar nas fotos do Facebook com o governador e chamou Rui Costa de mentiroso.

A saída da DTE já vinha sendo comentada há alguns meses, mas as evidências ficaram ainda mais fortes após a edição do Diário Oficial do Estado (DOE), do último sábado, dia 11, trazer a exoneração do delegado titular Marco Antônio Neves, menos de 24 após a visita de Rui Costa ao extremo sul. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: