TCE-BA aprova contas 2017 de Rui por cinco votos a um

TCE-BA aprova contas 2017 de Rui por cinco votos a um
07 junho 10:36 2018 Imprimir esta notícia

Apesar do voto do conselheiro-relator Pedro Lino pela desaprovação, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovaram, com 23 recomendações e um alerta, as contas do governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição em outubro, relativas ao exercício de 2017. O alerta diz respeito à questão do custo com pessoal.

Lino defendeu, entre outros pontos, que o governo gastou mais do que tinha nos cofres, cometendo  uma “pedalada fiscal”, ao deixar quase R$ 1,6 bilhão em Despesas de Exercícios Anteriores (DEA) para serem honradas em 2018.

O parecer do TCE agora seguirá para julgamento da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

O voto divergente  de Inaldo da Paixão foi  balizador dos votos dos conselheiros Antônio Honorato, João Bonfim e Marcus Presídio – aprovação com recomendações.

A avaliação foi que a argumentação não seria suficientes para pedir a desaprovação das contas, ao aventar a tese da recorrência: em exercícios anteriores as mesmas irregularidades estavam presentes, mas as contas foram aprovadas. (Da redação TN)

  Categorias: