Técnicos de Eunápolis e Teixeira de Freitas lamentam confusão após confronto pelo Intermunicipal; assista

05 setembro 11:56 2017 Imprimir esta notícia

No final da partida entre as seleções de Eunápolis e Teixeira de Freitas pela 5ª rodada do Intermunicipal 2017, os técnicos das duas equipes, Beto Oliveira e Josevaldo da Silva, respectivamente, comentaram o resultado e lamentaram a violência após o jogo.

Segundo Beto Oliveira, que é um trinador muito experiente na competição, “é preciso haver mais segurança nas partidas, pois os profissionais, principalmente treinadores e juízes, precisam de tranquilidade para o desenvolvimento de suas atividades. “Cada equipe entra pra ganhar e no final da partida, uma tem que sair vencedora. Trabalhamos e torcemos que esses episódios não aconteçam mais”, falou.

Já Josevaldo da Silva ‘Josa’, técnico de Teixeira de Freitas, lamentou o ocorrido, classificou a agressão ao árbitro Leonardo Oliveira de Carvalho como inadmissível e atribuiu parte da culta à Federal Bahiana de Futebol (FBF), por ter escalado o mesmo juiz nas duas partidas contra Eunápolis. “A agressão ninguém pode aceitar e nós não aceitamos. Mas não entendo os motivos da FBF escalar o mesmo árbitro nas duas partidas, com tantos outros que existem na Federação”, pontuou. (Da redação TN)

  Categorias: