“Tefinho” morre e os seus órgãos salvam cinco pessoas na fila do transplante

“Tefinho” morre e os seus órgãos salvam cinco pessoas na fila do transplante
Jovem não resistiu e veio a óbito em um dos leitos do Hospital Sobrasa
08 janeiro 09:48 2018 Imprimir esta notícia

Esterfesson Fontes Marcial Júnior, o “Tefinho”, filho do renomado advogado Esterferson Fontes Marcial, ex-assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Itamaraju e das prefeituras de Itamaraju e Jucuruçu, sofreu um grave acidente automobilístico no início da noite da última quarta-feira, dia 3 de janeiro, próximo ao Balneário de Cumuruxatiba, município do Prado, quando estaria de carona em um quadriciclo com um amigo.

Segundo policiais militares do destacamento de Cumuruxatiba, que atenderam a ocorrência, Esterferson Júnior, apresentando ferimentos na região da cabeça, ficou aparentemente desacordado e uma equipe do SAMU prestou os primeiros socorros no local. Logo depois o rapaz foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento 24Horas (UPA), na própria cidade do Prado, mas como o seu estado de saúde foi considerado delicado, acabou sendo transferido para o Hospital Sobrasa de Teixeira de Freitas.

No fim da tarde de sexta-feira (05/01), o jovem rapaz, de apenas 17 anos de idade, não resistiu ao trauma de crânio que sofrera e veio a óbito num dos leitos da Unidade de Tarapia Intensiva (UTI), do Sobrasa. E num gesto considerado humanitário a família de “Tefinho”, mesmo diante da dor da perda, decidiu doar os seus órgãos, que após serem captados por uma equipe médica de Salvador, seguiram de avião à capital baiana, onde cinco pessoas em estado considerado crítico na fila do transplante, já foram transplantados.

O corpo de Esterfesson Fontes Marcial Júnior, o “Tefinho”, após passar pelo Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), foi transladado até Itamaraju, onde aconteceram o velório e sepulto.  (Por Ronildo Brito)

  Categorias: