Teixeira de Freitas: Acusado de matar “Felipinho” é assassinado em Nova Viçosa

Teixeira de Freitas: Acusado de matar “Felipinho” é assassinado em Nova Viçosa
14 janeiro 10:47 2018 Imprimir esta notícia

Wenderson Rocha da Silva, foi morto a tiros no fim da manhã desse último sábado, dia 13 de janeiro, na Avenida Oceânica, um das principais vias públicas da cidade de Nova Viçosa. Segundo testemunhas, Wenderson estava em companhia de um grupo de amigos, quando os dois pistoleiros chegaram numa moto, quando o carona sacou a arma e começou a atirar.

Ainda segundo testemunhas, após ser atingido pelo primeiro tiro, a vítima correu, mas foi acertada pelas costas, caiu e morreu no local. Outro rapaz também atingido no tiroteio foi socorrido ao Hospital Municipal de Posto da Mata e as últimas informações dão conta que seu estado de saúde é estável.

Quando tinha 15 anos de idade, Wenderson e um comparsa, também menor, mataram a pauladas o garoto Felipe Gomes Lisboa, o “Felipinho”, de 8 anos na época, durante um assalto na Estrada Maria Mil Réis, que liga Teixeira de Freitas ao interior de Caravelas. O pai de Felipe, Valdeixo Lisboa dos Santos, o “Liliu”, de 49 anos, também foi atacado com pauladas na cabeça e outras partes do corpo, mas conseguiu sobreviver. Pai e filho foram vítimas de um assalto e o objetivo dos dois infratores cruéis era roubar a motocicleta pilotada por Valdeixo.

O crime e apreensão

O garoto Felipe Gomes Lisboa, de 8 anos, chegou a ser socorrido e ficou internado na UTI do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), mas, não resistiu e veio a óbito.

Assim que souberam no bárbaro ataque os militares da Cipe-Mata Atlântica, unidade especializada com sede em Posto da Mata, deslocaram-se ao povoado de Rancho Alegre, às margens da rodovia BR-101, no município de Caravelas, onde meses atrás já havia acontecido uma “batida” policial e apreendido um menor acusado de cometer assaltos contra motociclistas nessa mesma estrada de Maria Mil Réis.

Chegando ao lugar os policiais localizaram a apreenderam dois adolescentes, sendo um de 15 e outro de 16 anos de idade, apontados como autores da barbárie. Minutos depois da apreensão, segundo os militares, o infrator de 15 anos admitiu o crime, entregou o comparsa e ainda indicou o local exato onde tinham escondido a motocicleta fruto do roubo, uma Suzuki Entruder, de cor vinho, placa MTH-8390.

Um pouco mais tarde os militares seguiram com os infratores apreendidos a um matagal dentro de uma plantação de eucalipto nas imediações do local do crime e lá localizaram a moto, uma bolsa escolar infantil que pertencia a Felipe, além de peças de roupas e outros pertences do pai e o filho Na noite da mesma sexta-feira, dia 22 de julho de 2016, os dois acusados foram apresentados à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas.

Na audiência realizada na terça-feira, dia 13 de setembro de 2016, um dos infratores, de 16 anos, esteve ausente, já que foi liberado da internação provisória no dia 6 de setembro, após ter vencido o prazo limite de 45 dias previsto no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). Desde então não se tem notícia do infrator, que foi delatado por Wenderson na época, como sendo também responsável pelas pauladas dadas em pai e filho. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: