Teixeira de Freitas ganha primeiro curso superior de música em universidade pública

Teixeira de Freitas ganha  primeiro curso superior de música em universidade pública
08 agosto 20:47 2017 Imprimir esta notícia

“As primeiras turmas iniciam aulas na UNEB no 1º semestre de 2018 e o edital será lançado já no fim de agosto.”

Teixeira de Freitas está entre as cidades que receberão curso de licenciatura em música e será a única beneficiada na região Sul e Extremo Sul. O curso, ofertado pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) na modalidade EaD, foi disponibilizado para locais em que já existem núcleos consolidados de ensino musical. Teixeira de Freitas tem os projetos do Instituto de Cultura, Educação e Desenvolvimento (ICED), a exemplo do Orquestrando Futuros, implantado há quatro anos, durante a gestão de João Bosco Bittencourt. Em todos os outros municípios, existem pólos do Neojiba.

Desde as primeira turmas, a direção do ICED passou a batalhar em parceria com a UNEB Campus X para que houvesse a graduação em música no município. A ideia é que as crianças, adolescentes e jovens que passam pelas aulas de música erudita, tenham condições de se tornarem músicos graduados. As vagas em universidade pública aproximam as crianças do sonho do ensino superior. “Foram muitas reuniões, visitas e viagens até a consolidação e comemoração”, conta o maestro Orley Silva, coordenador artístico do ICED.

A Professora Gislaine Romana, presidente do ICED, informou para nossa reportagem que pelo prognóstico do ICED, todas as vagas destinadas para Teixeira de Freitas serão preenchidas já na primeira seleção. “Hoje já temos muitos alunos, monitores e ex-alunos que tem o interesse em seguir sua formação em música, não só de Teixeira, mas de outros municípios da região”, completou a presidente do ICED.

Outra boa notícias é que, os internos do conjunto penal de Teixeira de Freitas, assistidos pelo “Orquestrando Ressocializações”, também poderão prestar vestibular e ter acesso às aulas à distância. Depois de formados, eles estarão aptos a dar as aulas de música para os outros internos, e para a comunidade local, como explicou o Coronel Osiris, diretor do CPTF.

O Programa Especial de Licenciatura em Música será lançado pela UNEB, junto à Secretaria estadual da Educação (SEC) e o Núcleo Estadual de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba). A graduação é fruto de convênio entre as instituições e teve o seu encaminhamento firmado no dia 2 de agosto, em reunião realizada na Reitoria da universidade, no Campus I, em Salvador. As primeiras turmas da licenciatura serão ofertadas no semestre 2018.1, com 60 vagas oferecidas para a cidade de Salvador; 30 para Irecê; 30 para Caetité; 30 para Senhor do Bonfim e 30 para Teixeira de Freitas.

O edital de seleção será lançado no fim do mês de agosto. O processo seletivo para o curso, coordenado pela universidade, irá acontecer no próximo mês de outubro. As etapas e os critérios avaliativos serão divulgados pelo edital. A oferta da graduação foi autorizada pela Resolução n° 1282/2017 do Conselho Universitária (Consu) da UNEB, após deliberação do seu conselho pleno. (Da redação TN)

  Categorias: