Teixeira de Freitas: Sem receber salários há três meses, terceirizados no DPT cruzam os braços

Teixeira de Freitas: Sem receber salários há três meses, terceirizados no DPT cruzam os braços
13 março 21:24 2017 Imprimir esta notícia

Nesta segunda-feira, dia 13 de março, foi confirmado que os servidores terceirizadas do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), contratados pelo Governo do Estado através das empresas Techserv e Embatur, cruzaram os braços por tempo indeterminado. Os trabalhos alegam que estão há três meses sem receber salários.

A greve não atinge o corpo técnico do DPT, já que os peritos criminais e técnicos são concursados, mas é certo que os trabalhos estão prejudicados, já que o serviço mais pesado, como as remoções e até auxílio nas necropsias, são feitos pelos auxiliares contratados ou prepostos.

A Secretaria de Comunicação da Bahia (SECOM), ainda não informou o que estaria provocando os atrasos nos repasses e pagamento dos salários dos servidores. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: