TST determina que 80% do efetivo trabalhe em cada unidade dos Correios

TST determina que 80% do efetivo trabalhe em cada unidade dos Correios
15 março 10:52 2018 Imprimir esta notícia

Na tarde desta última terça-feira (13), o Tribunal Superior do Trabalho (TST) destacou a falta de razoabilidade na paralisação de empregados dos Correios, iniciada na segunda-feira (12), e determinou a manutenção de efetivo mínimo de 80% dos trabalhadores em cada unidade, enquanto perdurar o movimento.

Em seu despacho, a ministro Dora Maria da Costa pondera que não houve moderação na deflagração da greve “na medida em que a principal reivindicação da categoria – a concessão da assistência médica e odontológica – constituía o objeto do dissídio coletivo que seria julgado na data da deflagração do movimento, como o foi”. Ainda segundo a magistrada, “emerge o fato de os serviços prestados pela requerente serem considerados essenciais”. (Da redação TN)

  Categorias: