Uberlândia é a primeira prefeita a se reeleger na história de Jucuruçu

Uberlândia é a primeira prefeita a se reeleger na história de Jucuruçu
03 outubro 19:44 2016 Imprimir esta notícia

O município de Jucuruçu com sua importante economia agropecuária e agricultável possui um povo politizado e bairrista – sua gente é esclarecida e vive o processo político durante 4 anos. Nestas eleições de 2016, três filhos da terra concorreram no processo eleitoral para conquistar a Prefeitura Municipal e pela primeira vez na história do município o seu povo reelegeu um gestor.

A prefeita Uberlândia Carmos Pereira (PSD) foi reeleita com 41,25% dos votos, obtendo 2.695 votos – com 665 votos de frente do seu principal opositor, o médico Ailton Moreira Amorim (PP) que obteve 31,07% com 2.030 votos. O terceiro colocado foi o vereador Ernandes Rodrigues Jardim, o “Nande” (PMDB) com 27,67% ou 1808 votos.

A prefeita reeleita Uberlândia Pereira tem 40 anos e é filha do agropecuarista Teodolino José Pereira, o “Dola” que já foi vereador, presidente da Câmara, vice-prefeito e prefeito duas vezes de Jucuruçu e trata-se de um homem muito respeitado e goza de extrema credibilidade junto à população.

Uberlândia foi preparada politicamente pela família para administrar o município desde menina. Bacharelou-se em direito e se especializou em administração pública e nas eleições do ano 2000 ela foi eleita a segunda candidata a vereadora mais votada do município e eleita presidente da Câmara Municipal. E a presidência do Poder Legislativo na gestão 203/2004 terminou por lhe projetar ainda mais para o projeto político da família.

Nas eleições de 2012, ela foi a prefeita mais votada da história de Jucuruçu, obtendo 62,21% dos votos, quando obteve 4.030 votos – com 1.582 votos de frente do principal e único opositor na ocasião, o então prefeito Manoel Loyola. E agora vence novamente o pleito para continuar a sua administração, após vencer a disputa com dois candidatos.

Nas eleições deste domingo (02), o ex-prefeito Manoel Loyola teve a sua esposa Maria Nilza (PRB) eleita vereadora como a segunda mais votada do município com 435 votos. O advogado Ítolo Lacerda (PMDB) foi eleito vereador com 252 votos. O atual vice-prefeito Paulo Fama (PSB) também foi eleito vereador com 200 votos. O vereador Anorino Souza Santos, o “Mizim” foi o único dos 9 vereadores do parlamento a conseguir a reeleição com 347 votos. O mais votado do município foi o taxista Gilcássio Pereira Silva, o “Binha do Táxi” (PMDB) com 440 votos. Já o menos mais votado foi o comerciante José Cirqueira de Jesus, o “Zé Felix” (PTC) que passou por outros 12 candidatos mais votados e se elegeu com apenas 129 votos. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: