Vereador Arthur Dapé pede cassação de Robério na Câmara de Eunápolis

10 novembro 14:05 2017 Imprimir esta notícia

Na manhã desta última quinta-feira, dia 9 de novembro, o vereador Arthur Dapé (DEM), usou as redes sociais [Facebook e WhatsApp), para denunciar o que ele chamou de “fugir da responsabilidade”, após a maior parte dos seus pares no Legislativo, não ter comparecido para a sessão ordinária que estava agendada. “Estou aqui para cumprir minha obrigação, mas infelizmente somente oito vereadores compareceram para a reunião. Sem quórum não podemos nos reunir”, falou em um vídeo.

Ainda durante a gravação o vereador Arthur Dapé, que é filho do ex-prefeito Paulo Dapé, afirmou que havia protocolado um pedido de cassação de mandato do prefeito Robério Oliveira (PSD), na secretaria do Legislativo Municipal. “Apresentei hoje um requerimento à mesa diretora solicitando a cassação do prefeito José Robério de Oliveira, que encabeça essa quadrilha que foi deflagrada pela operação Fraternos da Polícia Federal, para que de forma imediata seja aberto um processo de sua cassação”, afirmou.

No final do vídeo o vereador Arthur Dapé pede apoio à população na sua ação e solicita participação maciça dos moradores na próxima sessão do Legislativo eunapolitano.

Defesa

Os prefeitos afastados de Eunápolis, Robério Oliveira, e de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, ambos do PSD, negaram todas as acusações feitas contra eles pela Polícia Federal no âmbito da Operação Fraternos. Alvos da ação deflagrada na terça-feira (7), o casal prestou depoimento nesta quarta (8) e, segundo o advogado deles, Maurício Vasconcelos, respondeu a todas as perguntas feitas. O advogado declarou também que já está tomando as “medidas cabíveis” junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para reverter a determinação. No entanto, ele disse que não poderia dar mais detalhes sobre o procedimento, já que o caso corre em sigilo. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: