Vereador Belitardo apresenta Projeto de criação da Central de Empregos para Pessoas com Deficiência em Teixeira de Freitas

Vereador Belitardo apresenta Projeto de criação da Central de Empregos para Pessoas com Deficiência em Teixeira de Freitas
04 abril 21:39 2018 Imprimir esta notícia

Na sessão da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas na manhã desta quarta-feira (04/04), sob a presidência do vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), o vereador Marcos Gusmão Pontes Belitardo (PHS), apresentou o Projeto de Lei nº 014 de 3 de abril de 2018, que dispõe sobre a criação do programa Central de Empregos para Pessoas com Deficiência (CEPDE) do município de Teixeira de Freitas.

Conforme o vereador Marcos Belitardo, o objetivo do seu Projeto de Lei é reconhecer os direitos das pessoas com deficiência intelectual e garantir a igualdade de oportunidades a esse público. E que Teixeira de Freitas trabalhe pela igualdade de direitos. O Projeto prevê que o programa reúna as diretrizes e metas de curto, médio e longo prazo atribuídas às Secretarias Municipais que vão gerir a Central de Empregos para Pessoas com Deficiência.

O Projeto de Lei ainda recomenda que o programa implante ações voltadas à prevenção da deficiência intelectual, estabeleça protocolos para o diagnóstico da deficiência e defina efetivamente uma política de atendimento para pessoas com deficiência com maior necessidade de apoio ou vulnerabilidade, especialmente àquelas em processo de envelhecimento.

A CEPDE – Central de Empregos para Pessoas com Deficiência (CEPDE) sugerida a sua criação pelo município por meio do Projeto de Lei do vereador Marcos Belitardo, deverá funcionar munida por especialistas em RH com foco em profissionais com deficiência. Que seja uma central do município com visão comum de seus integrantes na necessidade de criar um sistema que alcance um universo corporativo, específico, que seja de suma importância para o enriquecimento e aproveitamento do potencial dos profissionais com deficiência.

Segundo o vereador Marcos Belitardo, a ideia é que seja uma ferramenta inovadora e facilitadora para os profissionais de Recursos Humanos e a principal ponte entre a CEPDE e o Mercado de Trabalho. E que seja criada para mudar vidas e gerar oportunidades de sucesso, numa melhor ferramenta de centralização e disponibilização de banco de currículos de pessoas com deficiência obtendo informações de qualidade referente a qualificação profissional, educacional e acadêmica juntamente com habilidades e competências dos profissionais com deficiência, compartilhando essas informações com empresas que buscam novos talentos e potencial humano na diversidade. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: