Vereadores se unem para levar água potável às comunidades rurais de Mucuri

Vereadores se unem para levar água potável às comunidades rurais de Mucuri
06 maio 10:56 2018 Imprimir esta notícia

Os vereadores pelo município de Mucuri, José Mendes Fontoura, o “Zé do Boi” (PMDB), Itamar Siqueira Junior (PDT), Aguinaldo Moreira da Silva (PT) e Jocélio Oliveira Brito, o “Célio Peba’s” (PSL) são os autores de uma proposição legislativa que está se consolidando por meio de uma emenda parlamentar do deputado federal Valmir Assunção (PT) que levará poços artesianos às comunidades rurais dos assentamentos agrários: Jequitibá (Quilombo I); Lagoa Bonita (Quilombo II); e Zumbi dos Palmares (Fazenda Esperança), no município de Mucuri.

O presidente da Câmara Municipal, vereador José Mendes Fontoura, o “Zé do Boi”, disse que a abertura dos novos poços vai amenizar o problema de abastecimento de água na zona rural. Ele lembra que a proposição elaborada pela união dos quatro parlamentares é hoje também uma responsabilidade do deputado federal Valmir Assunção (PT) que já liberou uma emenda parlamentar para construção de poços no interior de Mucuri e do deputado estadual Carlos Robson, o “Robinho” (PP) que também está ajudando os quatro vereadores a conquistar outros poços junto ao Governo do Estado, através da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia, objetivando levar água de qualidade para a população do interior de Mucuri.

De acordo com o vereador Itamar Siqueira, nunca foi tão importante chegar ao fundo do poço como é hoje com a crise hídrica que anda assolando diversas localidades do município de Mucuri. Daí que os poços artesianos ganharam um intenso destaque e se tonou o grande sonho das comunidades rurais que estão ficando sem água potável. E, além disso, são reivindicações antigas dos moradores e ressaltou a importância desta iniciativa na promoção de melhorias no abastecimento como de fundamental na manutenção da agricultura familiar, que é muito forte na zona rural de Mucuri. Conforme Itamar Siqueira, o objetivo principal é ajudar às inúmeras famílias que precisam da água potável e não tem dinheiro para pagar pela água mineral diante da constante escassez de água na zona rural e quando existe, não é propícia para o consumo.

Para o vereador Aguinaldo Moreira da Silva, o “Agnaldo do Sem Teto”, o poço artesiano nada mais é do que uma grande solução para aquelas comunidades que ainda sofrem com a falta de água potável. E lembra que cada poço artesiano proposto, abrirá um novo sistema de captação de água que beneficiará diretamente de 60 a 100 famílias por localidade, além de atender também a demanda das unidades escolares, igrejas e postos de saúde. Defendendo ainda que a Prefeitura Municipal implante um Chafariz de utilização pública em cada localidade beneficiada no intuito de ter um maior conforto e comodidade para as donas de casa e para os usuários em geral que possam fazer uso deste tão sonhado projeto.

Já o vereador Jocélio Oliveira Brito, o “Célio Peba’s”, cada novo poço que será perfurado é considerado estratégico, pois melhorará o sistema de abastecimento na região dos assentamentos Jequitibá, Lagoa Bonita e Zumbi dos Palmares, as quais comunidades terão água portável pronta para o consumo que irá beneficiar de maneira grandiosa todos os moradores das regiões e, atenderá a demanda de cada comunidade, pois é obra de uma importância social imensurável, pois aumentará a capacidade de abastecimento destas importantes comunidades rurais.

O vereador Itamar Siqueira aproveita para alertar a população no sentido que cada pessoa faça sua parte plantando mudas de árvores com raízes de esponjamento como forma de conservar a vegetação nas margens de rios e córregos, de forma que permitem que a água da chuva alimente os lençóis de água subterrâneos, que se tornam reservatórios naturais. Para o vereador Itamar, plantar mudas na mata ciliar ainda é uma das formas mais eficazes para a preservação dos recursos hídricos. Além de proteger os rios, também contribui para a conservação do habitat natural de animais silvestres. Para ele, a mata ciliar é fonte de água. É como os cílios que protegem os olhos, as árvores e a vegetação ao redor dos rios captam, através de suas raízes e galhos, as águas das chuvas, que abastecem os lençóis freáticos. (Por Athylla Borborema)

  Categorias: