Vídeo: Marcos Belitardo quer correção no contrato de renovação da concessão da EMBASA em Teixeira de Freitas

09 fevereiro 13:54 2017 Imprimir esta notícia

Na última sessão plenária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, na manhã de terça-feira (07/02), o vereador Marcos Gusmão Pontes Belitardo (PHS), levantou uma questão muito pertinente em favor da população da cidade em relação ao fim do contrato de concessão da EMBASA – Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A., que vence no próximo mês de março.

O vereador Marcos Belitardo apresentou uma proposição requerendo uma cópia do contrato em que o município concede a concessão pública à EMBASA, cuja empresa é a detentora do serviço de fornecimento de água e rede de esgoto em Teixeira de Freitas. E no final da tarde desta quarta-feira (08), o parlamentar obteve a cópia do contrato e mantém o objetivo de chamar a Embasa para responsabilidade em razão das inúmeras reclamações em desfavor da empresa pelos seus serviços e taxas abusivas que vem prestando e cobrando da população.

Segundo o vereador Marcos Belitardo, a concessão de 20 anos, vence no próximo dia 31 de março de 2017 e, conforme o próprio contrato de concessão, o prazo legal para apresentar denuncia para avaliar se o município renova o prazo ou cancela o contrato é justamente agora. Para o parlamentar, o momento é oportuno para rediscutir a atuação da empresa em Teixeira de Freitas e se for renovar a concessão, que o contrato seja corrigido e seja mais severo e contenha critérios com direitos e deveres, para que a empresa possa ter também obrigações e não somente direitos sobre a população consumidora.

O vereador Marcos Belitardo pretende unir forças entre os colegas vereadores para discutirem com o prefeito a atual situação da EMBASA que tem cometido inúmeros abusos operacionais e financeiros contra aos seus usuários de água e esgoto, depois de ter vindo de uma operação desastrosa após danificar toda cidade e não promover a devida reparação com as obras da MRM e tendo sobrado para o município consertar.

belitardodNo último dia 17 de janeiro, moradores de diversos bairros da cidade de Teixeira de Freitas se reuniram em frente à sede local da EMBASA, onde protestaram contra a empresa por causa da emissão de repetidas taxas de contas de água e esgoto não condizentes com os consumos registrados pelos próprios medidores da companhia.

O vereador Leonardo Feitoza da Silva, o “Leonardo do Sindicato” (PC do B), que acompanhou o movimento dos clientes da EMBASA, disse que o protesto foi uma forma de chamar atenção da empresa para corrigir os absurdos cometidos contra os seus próprios clientes, tendo vista, que os usuários não conseguem repostas da empresa quando a reclamação é feita diretamente no órgão. (Por Athylla Borborema).

  Categorias: