87ª CIPM vai doar alimentos a entidades assistenciais de Teixeira de Freitas neste Natal

87ª CIPM vai doar alimentos a entidades assistenciais de Teixeira de Freitas neste Natal
04 dezembro 19:56 2018 Imprimir esta notícia

A 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Teixeira de Freitas vai realizar neste mês de dezembro, o “Natal Solidário da 87ª CIPM”. Esse ano o projeto será desenvolvido de duas formas. Primeiramente haverá a participação de policiais da unidade que serão os Papais e Mamães Noéis de 87 crianças carentes que, através dos Correios de Teixeira de Freitas escreveram cartas pedindo brinquedos, material escolar e até cesta básica para suas famílias. Os militares, voluntariamente vão atender aos pedidos dessas crianças.

A segunda etapa será a arrecadação, junto à população, de alimentos não perecíveis, os quais serão entregues a entidades assistenciais de Teixeira de Freitas. A previsão é a de que essa entrega ocorrerá no dia 21 de dezembro, na sede da 87ª CIPM, na Avenida das Nações, no Bairro Monte Castelo.

“A razão pela qual todos nós, policiais militares, parceiros da PM e a população de modo geral, estamos engajados nesse projeto é a solidariedade, afinal, o sentimento que move todos nós, neste momento é o amor ao próximo”, disse o major Silvio Cerqueira Nunes, idealizador e maior entusiasta dessa etapa do projeto que fará distribuição de alimentos à pessoas carentes.

Todos podem participar. As doações de alimentos poderão ser feitas na sede da 87ª CIPM, na base do 1º Pelotão, que fica no Shopping Teixeira Mall e nos postos de coletas instalados nos supermercados Faé, Casa Grande. G Barbosa, Regis e Figueiredo.

O comandante explicou que o objetivo do projeto é promover a doação de alimentos àqueles que necessitam, mas também busca aproximar a sociedade da Polícia Militar que, segundo ele, presta um serviço relevante no combate à criminalidade e na manutenção da ordem pública.

“Todos, indistintamente e independente de em qual classe social esteja inserido precisam entender que esse é um momento de solidariedade, de exercermos um dos mais nobres sentimentos do ser humano, que é o altruísmo”, pontuou o major, enfatizando. “É necessário, em todas as oportunidades contrariar o egoísmo e dar um pouco de cada um de nós para ajudar o próximo, especialmente aos verdadeiramente necessitados e o Natal é um bom momento para o exercício dessa solidariedade”. (Com informações de Edelvânio Pinheiro)

  Categorias: