Acusado é preso logo após assalto a estabelecimento comercial de Teixeira de Freitas

Acusado é preso logo após assalto a estabelecimento comercial de Teixeira de Freitas
08 janeiro 11:33 2019 Imprimir esta notícia

Na noite do último domingo, dia 6 de janeiro, dois elementos numa bicicleta e um deles armado com um revólver, invadiram um estabelecimento comercial na avenida Padre Anchieta, bairro São Lourenço, região central de Teixeira de Freitas e anunciaram o assalto. Além do dinheiro do caixa os ladrões roubaram o aparelho celular de uma funcionária.

A central de comunicação da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), foi acionada sobre o roubo através do telefone 190, quando uma guarnição do 1º Pelotão foi direcionada para atender a ocorrência e tentar prender os assaltantes, que fugiram pedalando a bicicleta.

Pouco tempo depois os militares prenderam Fabrício de Oliveira Batista, de 19 anos, na mesma avenida Padre Anchieta, porém já na região do bairro Liberdade. Com ele os policiais apreenderam o celular da funcionária, R$ 41,00 em espécie, a bicicleta e a arma utilizada para cometer o assalto, um revólver de marca Taurus, calibre 22, municiado com três cartuchos intactos.

fafad1Questionado pela guarnição o acusado confessou o crime e delatou um parente seu, de apenas 16 anos de idade, como comparsa no assalto. Fabrício contou ser oriundo do Espírito Santo, mas que havia se mudado recentemente para Itabatã, distrito de Mucuri. “Eu queria levantar dinheiro, pois estava retornando para Itabatã”, disse.

O menor apontado como comparsa no assalto seria de Teixeira de Freitas e ainda não foi localizado. Após ser ouvido pelo delegado Bruno Ferrari, Fabrício de Oliveira Batista, de 19 anos, foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e roubo qualificado e vai permanecer preso à disposição da Justiça. (Da redação TN)

  Categorias: