Após ser convencido a deixar as drogas, adolescente de 16 anos decapita mãe

Após ser convencido a deixar as drogas, adolescente de 16 anos decapita mãe
15 março 18:32 2016 Imprimir esta notícia

Um jovem de 16 anos decapitou a mãe Cristiane Luzia Barbosa, de 46 anos, com um facão de 50 centímetros de lâmina, no bairro do Caxambu, em Jundiaí (SP), após um acesso de fúria provocado pelo uso de drogas. O crime aconteceu nesta segunda-feira (14) e foi descoberto por um primo da vítima, ao ir à residência dela, à noite. Ele chamou a Polícia Militar, que realizou buscas e encontrou o autor em um ponto de tráfico, no Jardim Carlos Gomes.

A dona de casa vinha tentando recuperar o filho desde que ele começou a usar entorpecentes. Há cerca de um mês, o jovem desapareceu, e a mãe fez apelo no Facebook para que todos a ajudassem a encontrá-lo. A foto dele foi compartilhada por cerca de mil pessoas. Ela chegou a ir ao Instituto Médico Legal (IML) para verificar corpos de desconhecidos, para ter certeza de que o filho não estava morto. “Estou desesperada atrás dele”, comentou na época.

No último domingo, 13, a família se reuniu em um almoço com vários parentes para convencer o jovem a ir para uma clínica de recuperação. De acordo com informações da Polícia Militar, após o almoço de domingo os parentes falaram que o jovem estava muito “carinhoso com a mãe”.

Ao ser apreendido por soldados do 49º Batalhão de Jundiaí, o adolescente confessou ter decapitado a mãe após consumir crack no período da manhã, e depois saiu de casa e seguiu para o ponto de drogas. O jovem foi levado ao Plantão da Polícia Civil.

A delegada Sandra Maria Leardine determinou o recolhimento do rapaz para o Centro de Triagem, para aguardar decisão da Justiça. Em 2016, no Jardim Novo Horizonte, também em Jundiaí, houve outro caso de repercussão, de uma mãe que decapitou a filha de 1 ano e o filho de 5. Ela alegou depressão, e a Justiça determinou tratamento psicológico. (Estadão)

  Categorias: