Assista: Rui Costa destaca importância do Consórcio de Saúde para o extremo sul

21 dezembro 17:28 2015 Imprimir esta notícia

O compromisso foi formalizado por treze municípios do extremo sul a partir da assinatura do protocolo de intenções para a constituição da entidade, no último dia 5 de novembro, em cerimônia realizada no Salão de Atos da Governadoria, com a participação do governador Rui Costa, do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, do prefeito de Teixeira de Freitas João Bosco, que posteriormente acabou eleito presidente do Conselho, do presidente da APES e prefeito de Caravelas Jadson Ruas, além dos demais prefeitos consorciados.

Os consórcios propõem um novo modelo de financiamento e gestão dos serviços de saúde com o objetivo de ampliar e descentralizar a assistência, ajudando a reequilibrar as finanças municipais. “É um marco histórico na saúde pública da Bahia, um passo importante para inverter a lógica do ‘cada um por si e Deus por todos’ nos serviços de saúde do estado. Estamos substituindo este modelo pelo planejamento que permite enxergar a saúde [de modo] estadual e regionalmente”, disse o governador Rui Costa, que na entrevista logo acima (vídeo), fala das responsabilidades dos municípios e também do Governo do Estado nesse novo modelo.

Os municípios de Teixeira de Freitas, Caravelas, Ibirapuã, Itamaraju, Itanhém, Jucuruçu, Lajedão, Vereda, Prado, Nova Viçosa, Alcobaça, Medeiros Neto e Mucuri formam o consórcio do extremo sul. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: