Bahia: Cavalo que morreu eletrocutado na Fenagro era avaliado em R$ 200 mil

Bahia: Cavalo que morreu eletrocutado na Fenagro era avaliado em R$ 200 mil
01 dezembro 12:19 2015 Imprimir esta notícia

O cavalo que morreu eletrocutado em uma das baias da Feira Internacional de Agropecuária (Fenagro), no último domingo (29), em Salvador, estava avaliado em R$ 200 mil. O animal era reprodutor, mangalarga marchador e tinha 14 anos. Além disso, ele era campeão de vários concursos nacionais. O cavalo pertencia ao “Haras Caraíbas”.

De acordo com os funcionários de plantão no domingo à noite, o cavalo estava dentro da quarta baia, quando teve contato com uma fiação elétrica exposta. O animal tocou e morreu assim que recebeu o choque. Os donos do animal lamentaram a morte do cavalo nas redes sociais e criticaram as condições do parque.

A direção da Fenagro reconheceu que a instalação elétrica na ala onde o cavalo estava tinha problemas. “O choque não é normal, realmente foi um caso que não pode acontecer. Já conversamos com eles [donos do haras], coisas de indenização, do valor do animal”, disse Almir Lins, diretor da Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba).

A direção da feira garantiu que toda a fiação elétrica está sendo revista. As licenças de funcionamento já tinham sido pedidas e que não há risco para os outros animais, nem para as pessoas que devem ir ao parque até o próximo domingo. (Informações: G1)

  Categorias: