Bahia: PT define por candidatura de Dalvadisio em Itamaraju e reeleição de João Bosco em Teixeira de Freitas

Bahia: PT define por candidatura de Dalvadisio em Itamaraju e reeleição de João Bosco em Teixeira de Freitas
18 fevereiro 19:14 2016 Imprimir esta notícia

O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) segue definindo estratégias para disputar as eleições municipais este ano. No final de semana passado os integrantes do diretório da legenda se reuniu para definir candidaturas de petistas nas mais importantes cidades do interior do estado. Ao todo, o PT baiano definiu 35 cidades como prioritárias para que o partido lance candidaturas para o pleito de outubro.

No encontro, o PT no estado definiu o nome de 12 petistas que devem liderar o processo eleitoral em seus respectivos municípios. Entre os nomes estão o do deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), que tentará governar a cidade economicamente mais importante da Bahia pela quarta vez. Além de Caetano, o petista Carlos Brasileiro vai disputar novamente a prefeitura de Senhor do Bonfim, cidade que governou por dois mandatos seguidos (2001-2008).

Em Itabuna, os petistas não tomaram conhecimento da pré-postulação do deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB), que tem o apoio do atual prefeito Claudevane Leite (PRB) e decidiram que o ex-deputado e ex-prefeito Geraldo Simões (PT) deve tentar retornar à prefeitura. Outros três petistas que pretendem retornar aos cargos de prefeitos de suas respectivas bases eleitorais são a deputada Moema Gramacho (PT), em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Joseildo Ramos, em Alagoinhas, no Recôncavo baiano, e Orlando Filho, em Cruz das Almas.

Completam a lista de pré-candidatos petistas já aprovados pela direção estadual e pelo núcleo político do governo Rui Costa (PT), o deputado e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL), Zé Neto, em Feira de Santana; Gika Lopes, em Serrinha; Amauri Teixeira, em Jacobina, e Dalvadisio Lima, em Itamaraju.

Também ficou definido que três petistas irão concorrer à reeleição. São eles: Jussara Márcia, em Dias D’Ávila; João Bosco, em Teixeira de Freitas; e Francisco de Assis, em Conceição do Coité.

Para a disputa em Salvador três nomes foram discutidos na reunião do diretório. O vereador Gilmar Santiago, o deputado federal Valmir Assunção e o ministro da Cultura, Juca Ferreira. O quarto nome colocado pelos caciques baianos, o do senador Walter Pinheiro (PT), já foi rifado dos debates e o núcleo petista não conta mais com uma possível postulação do senador. A definição sobre o candidato que vai enfrentar ACM na capital só deve sair até abril. (Por Ronildo Brito c/informações da Tribuna)

  Categorias: