Bancário preso mantinha estufa para plantação de maconha dentro de apartamento, diz polícia

Bancário preso mantinha estufa para plantação de maconha dentro de apartamento, diz polícia
14 fevereiro 15:49 2019 Imprimir esta notícia

Um apartamento localizado na Avenida Getúlio Vargas, no Centro do município de Cândido Sales, a polícia localizou uma sofisticada estufa para uma plantação de maconha, mantida pelo bancário Paulo César Favola Cardoso Júnior e o comparsa Jessé Novaes Dias. De acordo com a SSP, os traficantes foram flagrados, na quarta-feira (13), durante ação conjunta entre equipes da Delegacia Territorial da cidade, da Rondesp Sudoeste e do 9° Batalhão de Polícia Militar.

No imóvel, além de 31 pés de maconha, a polícia também localizou 17 potes da erva prontos para embalo, 44 frascos com sementes para plantio, um pote com óleo, 350 comprimidos de ecstasy, 86 embalagens de fertilizantes, seis sacos de adubos, diversos aparelhos eletrônicos e um veículo utilizado no transporte do material.

De acordo com o delegado Relder Andrade dos Santos, a dupla mantinha um sofisticado sistema de cultivo de espécies estrangeiras de maconha. “Eles mantinham um alto controle de qualidade através de tecnologia. Lâmpadas de led eram usadas para manter a temperatura e foi montado, também, um sistema de irrigação e adubação automáticos que controlavam clima e condições do solo”, detalhou o titular da DT.

O delegado explicou também que até a retirada das folhas era feita de forma automática. “Um outro equipamento era utilizado para extração do óleo das folhas e secagem” explicou, finalizando que o entorpecente a ser comercializado era embalado a vácuo.

Os presos e os materiais foram encaminhados para a sede da DT da cidade, onde permanecem custodiados. (Informações: Bocão News)

  Categorias: