Boletim: Bahia registra 533 casos de microcefalia até 25 de janeiro

Boletim: Bahia registra 533 casos de microcefalia até 25 de janeiro
27 janeiro 10:24 2016 Imprimir esta notícia

Áudio

De outubro de 2015 até segunda-feira (25) foram notificados 533 casos de microcefalia – nascimento de bebês com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros – em 93 municípios baianos. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Salvador tem o maior número de casos (309), correspondendo a 58% do total.

Entre os 533 casos, foram notificados dez óbitos nos municípios de Camaçari (1), Itabuna (1), Olindina (1), Salvador (3), São Sebastião do Passé (1), Tanhaçu (1), Itapetinga (1) e Campo Formoso (1). Segundo a Sesab, as mortes que constavam no boletim anterior como sendo de Alagoinhas e Crisópolis, na verdade, ocorreram em Salvador e São Sebastião de Passé.

Ações

Diversas ações de pesquisa e desenvolvimento tecnológico estão em andamento pelo Governo do Estado para combater o Aedes aegypti, especialmente o teste rápido para dengue e chikungunya, o caça mosquito, mosquito transgênico e repelente com nanotecnologia. (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.