Bolsonaro e Mourão explodem gastos no cartão corporativo em 2022

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e seu vice, Hamilton Mourão (Republicanos) explodiram seus gastos no cartão corporativo entre janeiro e maio deste ano. No período, Bolsonaro gastou R$ 8,8 milhões, R$ 2,1 milhões a mais que no mesmo período do ano passado, segundo dados do Portal da Transparência trazidos pelo colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles. As informações são do jornal A Tarde.

Bolsonaro e Mourão explodem gastos no cartão corporativo em 2022

Já Mourão mais do que dobrou suas despesas. De R$ 249 mil entre janeiro e maio de 2021, o valor disparou para R$ 531 mil este ano. Pré-candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul, ele passou a viajar com frequência para o estado.

A tendência é de crescimento nos gastos com o cartão ao longo dos quatro anos, no período entre janeiro e maio, segundo análise feita no Portal da Transparência. Em 2019, o gasto do presidente foi de R$ 4,8 milhões nesse recorte. Em 2020, R$ 7,9 milhões. Em 2021, R$ 6,7 milhões e, em 2022, R$ 8,8 milhões. Por sua vez, Mourão gastou R$ 219 mil entre janeiro e maio de 2019, R$ 260 mil em 2020, R$ 249 mil em 2021 e R$ 531 mil em 2022.

Ambos os gastos são sigilosos. Ainda de acordo com a coluna, procurados, Bolsonaro e Mourão não se pronunciaram até a publicação.

Acusado de furtar posto de saúde e escola é preso com armas e simulacro em assentamento de Mucuri

Acusado de furtar posto de saúde e escola é preso com armas e simulacro em assentamento de Mucuri

Preso em Eunápolis casal acusado de roubo em joalheria de Brumado

Preso em Eunápolis casal acusado de roubo em joalheria de Brumado